Fernando Machado

Blog

Tag cantores

Flashes

A harpista carioca Cristina Braga é atração do segundo dia do Virtuosi Gravatá, às 19h30, na Matriz de Sant’Ana.

Os cantores André Rio e Luciano Magno além do violonista Racine Cerqueira, se apresentam amanhã, às 20h, no Mercato San Joaquim, no Espinheiro.

Domingo, às 12h, no Clube das Pás, acontece manhã de sol, com os cantores Kelvis Duran, Paulinho Jiu, Didi da Paixão e a Orquestra das Pás.

O sanfoneiro Felipe Costa (Foto: Divulgação)

O Paço do Frevo promove hoje ao meio dia, na Hora do Frevo, o projeto Duo, com o guitarrista Waleson Queiros e o sanfoneiro Felipe Costta.

Às 15h, ainda no Paço, tem o Escuta Frevo!, do grupo de estudos da Escola Paço, um bate um papo sobre a subjetividade do ritmo, com o DJ Dolores.

Délcio Luiz canta amanhã, em Toronto, no Canadá, comemorando o primeiro aniversário do Samba da Quadra, espaço que reúne músicos brasileiros.

 

 

Flashes

Morreu ontem, aos 97 anos, em São Paulo, o colecionador e diplomata Gilberto Chateaubriand, filho do jornalista Assis Chateaubriand.

Lúcio Spíndola assume, hoje, às 19h, a Espetaria Santo Expedito, na Estrada do Arraial. O forte da casa são espetos variados e cervejas long necks.

Cantores anônimos serão as atrações de um dia no karaokê montado pela Secretaria de Turismo, leia-se Milu Megale, no FIG 2022 em Garanhuns.

O Paço do Frevo realiza, hoje, às 12h, mais um projeto Hora do Frevo. Desta vez, com show do Nilsinho Amarante Quarteto. A entrada é gratuita.

O Arraial Deixa Falar, que acontece em Casa Amarela até sábado, às 19h, tem 30 anos. O coordenador do evento solidário é José Muniz.

O cantor e compositor Ivyson lança seu álbum de estreia, O Outro Lado do Rio (selo Babel), neste domingo (17/7), às 19h, no Estelita Bar, no Cabanga.

Será lançado nesta sexta-feira, às 15h, no Auditório Brum do Centro de Convenções de Pernambuco, a coleção Recife 500 anos, da CEPE.

Parabéns

Hoje, 04, Dia da São Francisco Caracciolo, São Crispim, e Internacional das Crianças Vítimas de Agressão, aniversariam as senhoras Angela Malta Nader, Elba Maria Tavares e Maria do Socorro Alves, o medico Adonai Reis de Medeiros, o executivo Sérgio Miranda, os cantores Nonô Germano e Susana Maia,

A executiva Layla Wolfenson Nader (Foto: Fernando Machado)

Vera Maria vence o Miss Pernambuco de 1967

Há 55 anos, nos salões do Clube Internacional do Recife, acontecia a eleição de Miss Pernambuco de 1967, com renda revertida para o Instituto Guararapes leia-se Nair Borba. A vencedora foi Vera Maria Silva, Miss Circulo Militar do Recife. As atrações da noite foram os cantores Claudionor Germano e Nadja Maria, além da orquestra de José Menezes.

Vera depois de enfaixada por Raiolanda (Foto: Jornal do Commercio)

Participaram do concurso Vera Maria Silva (Circulo Militar), que usou um modelo desenhado por Marcilio Campos e confeccionado pela Art Modas, Lourdinha Nunes (Clube Intermunicipal de Caruaru), Ieda Arruda Alencar (Clube Internacional do Recife), Maria das Graças Pinheiro (Náutico), Maria Amélia Almeida (Santa CruzFutebol Clube), Lúcia Santa Rita (Sport Clube do Recife) e Meire Ferreira Lima (Clube Português do Recife).

Vera Maria Silva na praia de Boa Viagem diante de uma jangada (Foto: O Cruzeiro)

O júri formado pela consulesa da França, Jaqueline de Hanazel, Carmen Tartaruga, Eneida di Lemos, Zelia Peixoto, Abelardo Rodrigues, Edwal Carvalho e Hilton Mota, escolheu como a mais bela pernambucana a gaucha Vera Maria Silva, do Circulo Militar. Em segundo lugar ficou Maria das Graças Pinheiro (Náutico) e em terceiro lugar Lucia Santa Rita (Sport).

Vera Maria Silva de maiô e de longo (Fotos: O Cruzeiro) 

Vera tinha um 1m68, 92cm de busto e quadris, não acreditou que tinha vencido e demorou a se dirigiu ao palco para receber a faixa da Miss Pernambuco de 1966, Raiolanda Castelo Branco. Informação importante: A favorita do público era Maria das Graças Pinheiro (Náutico), prima da Miss Pernambuco de 1961, Maria Lúcia Santa Cruz.