Fernando Machado

Blog

Tag bistrot

O Vetro Bistrot = Bom Gosto

Por convite de Sheila Wanderley e João Alberto, que estão cada vez mais apaixonados, fui almoçar domingo no Vetro Bistrot. Boa Viagem ganhou um novo local gastronômico, por sinal muito bonito e cheio de charme. Estamos nos referindo ao restaurante de Luiz Moreira e Marcela Brandt. A decoração, grifada por Humberto Zirpoli, está sensacional. Destaque para as vigas de madeiras, que caem do teto sobre algumas mesas, e muitos toques de vidros, a final de conta vetro em italiano, significa vidro.

O chef Miguel Castilho e restaurateur Luiz Moreira (Foto: Sheila Wanderley)

O Vetro é categorizado elegante e charmoso. As porcelanas são da Vista Alegre by Portugal. Os talheres BSF são de pratas by Alemanha. O cardápio grifado pelo chef argentino Miguel Castilho, é de a gente comer rezando. No cardápio temos 12 opções de entradas; dois tipos de saladas; 14 opções de risotos e pastas; 9 tipos de carnes e peixes; e 7 tipos de sobremesas. No Vetro cabem 90 pessoas. Outro detalhe: o porta mascara, é très chic. Aliando tudo isso, estão à simpatia e a hospitalidade de Luiz Moreira.

Sabores do Amor e do Afeto by Beth Ithamar

a-ana-helena-passos-robson-chagas-beth-ithamar-claudio-manoel

Ana Helena Passos, Robson Chagas, Beth Ithamar e Claudio Manoel (Foto: Fernando Machado)

O Bistrot La Comedie, localizado na Aliança Francesa, no Derby, recebe até hoje, o Festival Sabores do Amor e Afeto pela chef Beth Ithamar, inspirada na teoria de sua filha Ana Helena Passos, que reside em São Paulo, de onde veio especialmente para o evento. O local é uma graça e na noite de quinta-feira, estava mais bonito ainda, graças a decoração de Robson Chagas, que nos levava para duas cores: lilás e amarelo.

a-ana-clara-toninho-monteiro

Ana Clara e Toninho Monteiro (Foto: Fernando Machado)

No terraço caiam do teto lustres de lamparina, envolvidos em dracena baby. Sobre as muretas repousavam lanternas com velas brancas. No salão principal tínhamos uma mesa com arranjos belíssimos de flores. Sobre as mesas repousavam arranjos de açafrão, dracena baby, Queen e bambu. Não esquecer os arremedos envolvendo tecidos lilases e amarelos. Tudo muito bem posicionado.

a-nadja-jose-dos-santos-rita

Nadja e José dos Santos com Rita Pena (Foto: Fernando Machado)

Antes de ser servido o jantar, dos deuses, o chef Claudio Manoel e Beth Ithamar disseram algumas palavras. Depois Ana Helena Passos explicou o que significava aquele momento, tão especial, onde a parceria com sua mãe era um dos seus sonhos. Deu uma pequena aula sobre o racismo e o machismo. No final foi muito aplaudida. Quando terminou o jantar o professor Armando Vasconcelos saudou Ana Helena, Beth Ithamar e Claudio Manoel.

a-leonardo-coutinho-lucia-medeiros-carlos-augusto-lira

Leonardo Coutinho, Lúcia Medeiros e Carlos Augusto Lira (Foto: Fernando Machado)

No cardápio estava escrito “A culinária é a primeira e única língua universal. É preciso não ter vergonha de onde viemos e cozinhar da melhor maneira possível”, uma pausa poética da chef Beth Ithamar. Primeiro foi servido um consome de cogumelos da serra com mini beiju. A entrada foi servida o prato O Amargor sem desafeto, que para a criadora se resumiu em camarões com gergelim, involtine de Parma com damasco, jiló grelhado e mel de pimenta.

a-armando-anne-vasconbcelos

Armando e Anne Vasconcelos (Foto: Fernando Machado)

Assim como pastéis recheados com codorna ao garam masala, involtine de Parma com damasco, jiló grelhado e geléia de pimenta. Como prato principal, que ela batizou de Amor sem preconceito, podíamos optar por medalhões de mignon ao molho de três pimentas e batata rústica gratinada ou papillote de pescada amarela com legumes coloridos no azeite, ervas e arroz de marisco. E preferi a segunda opção e estava de comer rezando para Santa Elizabeth.

a-edgard-homem-leo-peixoto

Edgard Homem e Leo Peixoto (Foto: Fernando Machado)

A sobremesa recebeu o titulo de Com açúcar e com afeto, ou seja, onde tínhamos banana crioula com mel de engenho e especiarias acompanhada com sorvete de canela. Tudo isso regado por espumante Salton. O menu fechado custa 70 reais por pessoa. Eu saí de lá com gostinho de quero mais. De parabéns estão Beth Ithamar e Claudio Manoel por uma noite onde o amor foi o prato de resistência.

a-melise-medeiros

Melise Medeiros (Foto: Fernando Machado)

Empresas & Negócios

O Club du Vin e o seu Bistrot vão encerrar suas atividades no próximo dia 17. E programou um grande bazar de vinhos entre os dias 14 e 17 de abril, para marcar as despedidas. Foram 10 anos de grande sucesso de um projeto dos empresários Ana Cecília Santos Leal e o marido George Leal com o objetivo de fomentar a cultura no vinho em Pernambuco.

SONY DSC

Na BLZ, Ana Paula Moraes e Renata Milet (Foto: Cortesia)

Resultou num sucesso a inauguração da BLZ, boutique de modas situada no Garden Open Mall, em Piedade. Mário Moraes e Josiane Bezerra, que comandam a marca, receberam Adélia Fernanda, Tássia Brandão, Duda Lopes e Cássia Gonçalves para um bate papo sobre moda e tendências. Elas ainda criaram os quatro looks que ficarão na primeira vitrine da loja.

Parabéns, La Comédie!

Ontem à noite tivemos uma noitada das mais agradáveis reunindo o melhor da gastronomia da cidade. O epicentro foi o lançamento do novo cardápio do Bistrot La Comédie de Claudio Manoel. O encontro serviu para festejar os seus sete anos de existência. O bistrot fica localizado dentro da Aliança Francesa do Derby. E assim se passou a noite, com os olhos se enchendo de bom gosto e a boca se fartando de gosto bom. O destaque vai para duas mesas. Uma composta de queijos e quiches e a outra da Canalés Massé, leia-se Prazeres e Phelippe Massé. Todas duas eram de se comer de joelhos.


Marcelo Pereira e Claudio Manoel (Fotos: Fernando Machado)

A decoração foi assinada por Flavia Mindelo e Rosangela Carapeba. O salão estava à festa de interior, antigamente, ou seja o chão lotado de folhas de canelas.
O festival gastronômico serviu para apresentar, em primeira mão, as novidades do seu novo cardápio. Para compor o mesmo, o banqueteiro e restauranter Cláudio Manoel mais uma vez convidou chefs renomados do cenário gastronômico pernambucano e nacional. Como essa parceria funciona? Pergunta que Cláudio Manoel explica.


Fernando Campelo, Patrice Bonall e Tomaz Lapa

“Quando fui abrir o bistrot há sete anos, pedi para que o amigo César Santos fizesse um prato para o novo restaurante, ele topou com muita satisfação, em conversa com outro amigo chef Leandro Ricardo fiz o comentário sobre o prato que César estava planejando fazer, Leandro logo disse que também participaria com um filé. Assim, nos anos seguintes expandi o convite para outros amigos chefs, virando uma divertida tradição”, conclui o chef Cláudio Manoel.


Rosangela Carapeba e Flávia Mindelo

Para esta edição as novidades para a entrada são as seguintes: o Mix de bolinhos (Peixe, Frango, Macaxeira com charque e queijo coalho e Camarão) servidos com molho de mostarda e abacaxi; uma criação do anfitrião da casa. As outras duas novidades deste ano ficam a cargo dos chefs Robson Lustosa e Yoshi Matsumoto que criaram respectivamente o Satay de camarão crocante ao molho de coco e manga com crispy de banana; e a Versão Marítima dos três mosqueteiros e Dartagnan (vieira, polvo e camarão).


Jeff Colas, Catarina Moura e Yoshi Matsumoto

Novos pratos principais também foram idealizados e concebidos, a novidade para sugestão das aves vem dos chefs Claudemir Barros e Sofia Lins que criaram um Risoto de Pato com Confit de Frutas Secas. Para o peixe, a Chef Luciana Sultanum sugere o Lombo alto de bacalhau confit acompanhado de uma musseline de milho e sauté de legumes com azeite de ervas. Uma nova opção como sugestão de camarão é o Creoule (Camarão grelhado com mix de temperos e servido com arroz de Castanha), sugestão criada pelo chef Jeff Colas.


Eric Lahille e Ana Maria Gonzalez

Para as carnes foram sugeridas duas opções: o chef Leandro Ricardo concebeu o Filé Mignon Monsier Givenchy (Medalhões de filé ao molho de vinho e caponata com batata recheada gratinada, já a outra criação vem do chef Biba Fernandes que sugere a Paleta Andina (Paleta de cordeiro com aspargos frescos e legumes).


Leandro Ricardo, Biba Fernandes e Claudemir Gomes

Nas sobremesas o Chef César Santos criou a sobremesa Coco Coqueiral (Pudim de doce de leite, doce de coco e sorvete de coco com calda de mel de engenho. Já a Ilha de Prazeres e Phelippe Massé as louças francesas davam o contraponto nos remetendo a um toque de classe das tardes de chá. Podiamos escolher canelés, macarones (20 sabores), financier e éclair.


Eduardo Valois, Hugo Torres e Samyr Braga

As novidades não se restringiram só ao cardápio. Claudio e sua sócia Flávia Mindêlo criaram uma horta no La Comédie graças a uma conversa com os arquitetos Fábio Benevides e Carlos Queiroz, habitués da casa, que sugeriu a concepção de integrar a parede lateral ou seja um pedaço do muro da Aliança utilizando pallets para a concepção e realização da horta suspensa, logo o projeto de extremo bom gosto foi apresentado e prontamente aprovado.

  • 1 2