Fernando Machado

Blog

Tag beleza

Vera 2º lugar do Miss Beleza Internacional de 1961

Sigrun, Maria, Stam, Vera e Edna (Foto: Divulgação)

Há 60 anos, acontecia no Municipal Auditorium, em Long Beach, na Califórnia, o II Miss Beleza Internacional. Participaram do Festival da Beleza 52 candidatas. A vencedora foi a represente da Holanda Stam van Baer. A brasileira Vera Maria Brauner Menezes (1942/2012) ficou no segundo lugar. Stam foi coroada pela colombiana Stella Marquez, Miss Beleza Internacional de 1960.

Foto oficial de parte das candidatas (Foto: O Cruzeiro)

Depois do desfile de traje típico, de saiote e de traje de gala, o apresentador Byron Palmer, apresentou o Top 15: Renate  Moller (Alemanha), Vera Brauner Menezes (Brasil), Edna MacVicar (Canadá), Kamala Athauda (Ceilão), Maria Cervera Fernández (Espanha), Marja Ryönä (Finlândia), Stam van Baer (Holanda), Dalia Lion  (Israel), Irene Kane (Irlanda), Sigrun Ragnarsdóttir (Islandia), Helen Tan Hong Lean (Malasia), Aase Schmedling (Noruega), Ângela Alcové (Panamá), Gladys Fernández (Paraguai) e Dolly Ma (Tailândia).

Foto oficial das demais candidatas (Foto: O Cruzeiro)

Também divulgou que Miss Simpatia foi Mónica Moore Davie do Uruguai, a Miss Fotogenia e o melhor corpo foram para Constance van Baer da Holanda e a Miss Mais Popular foi Tahia Piehi do Taiti. O vestido mais bonito e o melhor traje típico foram os de Edna MacVicar do Canadá. Miss Israel, Dalia Lion, ao confessar que era fã do ator Jeff Chandler (1918/1961), recebeu a visita da mãe ator e a presenteou com um foto do astro.

Stam van Baer de saiote e vestido (Foto: O Cruzeiro)

Finalmente foi divulgado o resultado final. O 5º lugar foi para Sigrun Ragnarsdóttir da Islândia), o 4º lugar foi para Edna MacVicar do Canadá, o 3º lugar foi para Maria Cervera Fernández da Espanha, o 2º lugar para a belíssima Vera Maria Brauner Menezes do Brasil e a Miss Beleza Internacional de 1961, foi Stam van Baer da Holanda.

Vera Maria Brauner de Menezes de saiote e vestido (Foto: O Cruzeiro)

Pausa Poética

“Os bebedores de álcool não conhecem os malefícios desta bebida. / Pessoas que não bebem, não conhecem os benefícios desta bebida”. Minh Quyen, Mister Vietnam de 2019

Catherine Moylan é a Miss Universo de 1926

No dia 17 de maio aconteceu, em Galveston, no Texas, a escolha da primeira Miss Universo, chamado Festival Internacional da Beleza. De lá para cá muita coisa mudou. Antes os concursos eram mais glamorosos. Em 1926 participaram 33 candidatas, na maioria representante das cidades vizinhas. As participantes desfilavam de traje de banho. Somente em 1928 o festival de Beleza mudou de nome passando a ser chamado de Miss Universo, mas a sede continuou em Galveston.

Catherine Moylan em duas poses (Foto: Divulgação)

A vencedora foi Catherine Moylan (1904/1969), virou atriz de cinema, em Hollywood. Em segundo lugar ficou Gladys Moore (New Orleans), em terceiro lugar ficou Patricia O’Shea (Winnipeg), em quarto lugar ficou Maria Martha Perres (México) e em quinto lugar Pauline Mason de Tulsa. Duas jovens estrangeiras pontificaram no Miss Internacional de Beleza: Maria Martha Parres do México e Patrícia O’Shea de Winnipeg (Canadá). Cerca de 150 mil pessoas assistiram ao desfile das misses de maiô na Galveston Boulevard. No Brasil somente a partir de 1957, o publico puderam aplaudir sua candidata de maiô.

O 2º lugar ficou com Gladys Moore de New Orleans (Foto: Concurso)

As candidatas foram Patricia, O’Shea (Winnipeg), Maria Martha Perres (Mexico), Grace Toslen (Nebraska), Rosebud Blondell (Dallas), Estelle Johnston (Beaumont), Mary Stillwell (Brownaville), Jacquetta Calvin (Caddo), Louella Porter (Cane River Lake), Constance Martin (Cleveland), Catherine Moylan (Dallas), Margie Collins (Ellington Field), Vivian Cayce (Forth Worth), Lois Ford (Groesbeck), Karen Hall (Houston), Evelyn Manchester (Jefferson City), Mary Mcvay (Monroe), Peggy O’Neil (Natchitoches), Gladys Moore (Nova Orleans), Arylie Mae Hiser (Palestine).

O desfile das misses na Galveston Boulevard (Foto: Concurso)

E ainda Beatrice Smith (Port Arthur), Lola Beazley (San Antonio), Pauline Zacharias (Sheveport), Pauline Mason (Tulsa), Maurice Reed (Waco), Frances Rutledge (Wichita Falls), Lola Bernhardt (Beaumont), Rosebud Blondell (Dallas), Barbara Brewer (Dallas), Lulu Buchanan (Houston), Marie Evans (Dallas), Pearl Flint  (Dallas), Lorraine Gazzaway (Dallas), Freddie Mae Henkel (Dallas), Maiden Maxwell (Dallas), Clyde McConathy (Beaumont), Elalu Watts (Dallas) e Grace Weber (Houston).

Flashes

Carla Bensoussan, via Lead Hub, lançando um produto voltado para o planejamento de redes sociais: o Guia Básico de Mídia Digital. Que bom.

A cantora Carla Rio está que é só sorriso, porque o clipe Samba Arretado, atingiu 186 mil visualizações, com a participação de Dudu Nobre.

O blog está de luto com o falecimento, ontem, aos 87 anos, do jornalista Carlos Garcia. Nossa imprensa continua encolhendo.

O jornalista Carlos Garcia (Foto: Fernando Machado)

Foi um sucesso a Semana de Beleza e Bem-estar do RioMar. Quem está muito feliz é a gerente de Marketing do mall, Denielly Halinski.

A ALANE, cujo presidente é Geraldo Ferraz, lançou o Ancoradouro Literário. Nela Melchiades Montenegro, escreveu sobre Gilberto e Zezinho da Costa Carvalho.

O babado que circula em Fortaleza é que o governador do Ceará autorizou a Policia Militar bater sem dó nos que foram para a Carreata de 1º de Maio.