Fernando Machado

Blog

Tag atletismo

Nos Bastidores da Política

A seleção brasileira se despediu do Mundial de Atletismo, disputado em Eugene, nos Estados Unidos, com a melhor campanha de sua história. O país foi duas vezes ao pódio, com o ouro de Alison dos Santos nos 400m com barreira, e com o bronze de Letícia Oro Melo no salto em distância na competição encerrada neste domingo, 24.07. Além disso, a seleção, que levou 57 atletas (23 mulheres e 34 homens) ao torneio, participou de dez finais e acumulou 34 pontos nos dez dias de disputa no Estádio Hayward Field. A melhor campanha anterior havia sido no Mundial de Sevilha, na Espanha, em 1999, com 26 pontos e três medalhas – duas pratas e um bronze.

Na história dos mundiais, o Brasil soma agora 15 pódios: dois ouros, seis pratas e sete bronzes. Nos Estados Unidos, 13 atletas levaram o Brasil aos principais resultados, e 100% deles são integrantes do Bolsa Atleta, programa de patrocínio direto da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Segundo levantamento da área técnica da pasta, os 13 já tiveram os nomes publicados num total de 85 ocasiões em editais do programa. O investimento direto no grupo soma R$ 4,53 milhões. Atualmente, oito integram a categoria Pódio, a principal do programa, com repasses mensais de R$ 5 mil a R$ 15 mil. Outros três pertencem à categoria Olímpica e dois à Internacional.

De Volta para o Passado

Há 70 anos, cantava na Rádio Tamandaré, Agustin Lara, Consuelo Vidal, Dora Gimenez e Marco Antônio Tovar e Orquestra.

Há 65 anos, chegava ao Recife, o campeão olímpico de 1948 e 1952, de atletismo, o norte americano Bob Mathias.

Há 50 anos, morria no Rio de Janeiro, o dramaturgo Oduvaldo Viana, que nasceu em 27 de fevereiro de 1892.

Há 30 anos, morria no Rio de Janeiro, a cantora Zilá Fonseca, que nasceu no dia 12 de abril de 1929.

Há 15 anos, morria na França, o ator Jean-Claude Brialy, que nasceu no dia 30 de março de 1933.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, a viúva de Luiz Bandeira, a artista plástica Iracema Bandeira, que nasceu no dia 10 de junho de 1923.

Militares nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Ana Sátila está na canoagem (Foto: MF)

A 50 dias dos Jogos Olímpicos de Tóquio, 63 militares do Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas garantiram vaga para a competição, em 17 modalidades, das 27 incluídas no torneio. As disputas estão previstas para ocorrer de 23 de julho a 8 de agosto. Para garantir a segurança dos atletas olímpicos, paralímpicos e das comissões técnicas que representarão o Brasil em Tóquio, ação interministerial, composta pelos Ministérios da Defesa, da Saúde e da Cidadania, com apoio do Comitê Olímpico do Brasil e do Comitê Paralímpico Brasileiro, possibilitou a vacinação contra a Covid-19.

Agatha Rippel no vôlei de praia (Foto: MF)

A imunização teve início em 14 de maio e ocorrendo no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte e Fortaleza. Até o momento, mais de 1.280 integrantes do Time Brasil foram vacinados com a primeira dose. Começou sexta-feira e segue até 12 de julho, a aplicação da segunda dose da vacina. Entre os que vão participar destacamos a 3º Sargento da Marinha Ágatha Rippel e a 3º Sargento do Exército Eduarda Lisboa (Vôlei de Praia). O 3º Sargento do Exército Gabriel Constantino, participará da prova dos 110 metros com barreiras e a 3º Sargento Ana Sátila garantiu a vaga olímpica na Canoagem, em 2019.

Gabriel Constantino atletismo (Foto: MF)

De volta para o passado

Há 120 anos, nascia em Pernambuco, o artista plástico Vicente do Rego Monteiro, que morreu no dia 5 de junho de 1970.

Há 105 anos, era inaugurado na Rua do Príncipe, no Recife, o Hospital Geral do Exercito. Primeiro no local, funcionou um convento.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Aurecílio Soares, que morreu no dia 21 de janeiro de 1999.

Há 75 anos, acontecia a abertura da IV Exposição de Animais e Produtos Derivados, em Iputinga. Compareceram os interventores Agamenon Magalhães (PE) e Gois Monteiro (AL), Mário Silva do Ministério da Agricultura, o general Isauro Regueira  e o almirante Durval Teixeira.

Há 75 anos, nascia em Pernambuco, a jornalista Tereza Lúcia Halliday, que morreu no dia 24 de abril de 2015.

Há 65 anos, o Náutico era campeão de atletismo com 207 pontos. O Barroso ficou no segundo com 100 pontos. Adhemar Ferreira da Silva veio participar do evento que aconteceu no Derby.

Há 65 anos, o goleiro do América, Vicente Lobão, dava ma surra no juiz Anísio Morgado, no jogo acontecido na Ilha do Retiro, contra o Náutico.

Há 45 anos, morria em Pernambuco, o compositor Sebastião Lopes, que nasceu no dia 1 de janeiro de 1905.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, a executiva Maria Helena Peixe de Oliveira, que nasceu no dia 14 de fevereiro de 1938.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o advogado Heraldo José de Almeida Filho, que nasceu no dia 6 de março de 1925.

Há cinco anos, morria na Bahia, o executivo Alceu Leal, que nasceu no dia 17 de janeiro de 1940.

  • 1 2 5