Fernando Machado

Blog

Tag apresentadores

Chanique Rabe: Miss Supra 2021

As concorrentes no show de abertura (Foto: Concurso)

Aconteceu sábado, à noite, no Strzelecki Park Amphitheatre, Nowy Sacz, o Miss Supranational de 2021, onde 58 concorrentes competiram pelo título internacional. A vencedora foi Chanique Rabe da Namíbia que foi coroada pela Miss Supranational 2019 Anntonia Porsild da Tailândia. Nascida e criada em Windhoek, Namíbia, Chanique é uma designer de moda e modelo profissional e possui uma grife chamada Chanique Designs.

Anntonia Porsild coroando Chanique Rabe (Foto: Concurso)

Os apresentadores foram Ivan Podrez e Anna Matlewska apresentaram o Top 12 ficaram  Michela Ciornea (Romênia), Natalia Balicka (Polônia), Dindi Pajares (Filipinas), Swelia Da Silva Antonio (Holanda),  Jihane Almira Chedid (Indonésia), Aavriti Choudhary (Índia), Louise-Marie Losfeld (Bélgica), Eoanna Constanza (Republica Dominicana), Valentina Sánchez (Venezuela), Thato Mosehle (África do Sul), Karla Guilfú Acevedo (Porto Rico), e Chanique Rabe (Namíbia).

Valentina Sánchez, Karla Acevedo, Chanique Rabe, Thato Mosehle e Eoanna Constanza (Foto: Concurso)

Phidelia Mutunga do Quênia foi eleita Miss Supra da África; Deise Benicio do Brasil foi escolhida Miss Supra das Américas; Jihane Almira Chedid da Indonésia foi eleita Miss Supra Ásia, Miss Simpatia e o melhor Traje Típico; Pascale Bélony do Haiti ficou como Miss Supra Caribe e Nátalia Balicka da Polônia foi aclamada Miss Europa. Louise-Marie Losfeld da Bélgica foi eleita Miss Fotogenia.

As participantes na abertura do desfile de traje de banho (Foto: Concurso)

E o final ficou assim: 5º lugar ficou Eoanna Constanza da Republica Dominicana, em 4º lugar ficou Valentina Sánchez da Venezuela, no 3º lugar ficou Thato Mosehle da África do Sul, no 2º lugar ficou Karla Guilfú Acevedo de Porto Rico e em primeiro Chanique Rabe da Namíbia. Os peruanos reinaram neste final de semana na Cracóvia, na Polônia.

O Top 3 Thato Mosehle, Karla Guilfú Acevedo e Chanique Rabe (Foto: Concurso)

Dilene vence o Miss Pernambuco de 1971

Com público estimado em 16 mil pessoas, o Geraldão, aplaudiu Dilene Maria Roberto de Araújo, de Garanhuns, ser eleita Miss Pernambuco de 1971, e ser coroada pela Miss Pernambuco de 1970, Ana Almeni de Arruda Correa. Em 2º lugar ficou Stella Maria Silva do Santa Cruz e em 3º lugar Rosângela Monteiro de Olinda. Os apresentadores foram Albuquerque Pereira e Carmen Towar. Nos intervalos se apresentaram os cantores Jerry Adriani e Valdick Soriano. Participaram do concurso 12 candidatas. Socorro dos Santos, Miss Petrolina, é casada com José Ramos, governador de Pernambuco (1982/1983).

Stela, Socorro, e Ana Almeni coroando Dilene Roberto (Foto: Acervo de Carmen Towar)

Pela primeira vez o concurso acontecia no Geraldão. O Miss Pernambuco foi coordenado por Carmen Towar, Antonio Colhado e Odacir Costa. Na comissão julgadora estavam José de Almeida Castro (presidente),  Dulcinha Gueiros, Niedja Cunha, Mécia Oitica Thurton, Miriam Hazin, Juarez Xavier e Pierre Chalita. A jovem Dilene Roberto de Araujo que também foi eleita Miss Simpatia, tinha 18 anos, 1m71 de altura, busto 86 e quadris 98cm.

No Misses nas Passarelas da TV Clube, leia-se Carmen Towar, ao lado de Stela, Dilene e Rosângela (Foto: Acervo de Carmen Towar)

Participaram do concurso Maria do Socorro dos Santos (Petrolina), Rosângela Monteiro (Olinda), Maria do Socorro de Mesquita (Escada), Joseneide Barreto (Associação dos Servidores Civis), Hebe da Silveira Sobrinha (Limoeiro), Valdete Ventura (Atlético Clube de Amadores), Edineide Farias (Jaboatão), Dolores Maria Lima (Goiana), Stella Maria Silva (Santa Cruz), Dilene Maria Roberto de Araújo  (Garanhuns), Maria do Carmo Lira (Araripina) e Maria Lucrecia Roza (Salgueiro).

Maria do Socorro dos Santos a bonita Miss Petrolina (Foto: Instagram)

Jakub Kowalewski é o Mister Polônia

Segunda-feira, à noite, no Centro Educacional e Recreativo em Marki K, em Varsóvia, Jakub Kowalewski foi eleito Mister Polônia de 1920.  No segundo lugar ficou Adrian Nkwamu e no terceiro lugar ficou Patryk Bogdanski. Foram entregues 12 troféus para 10 candidatos. O melhor Corpo ficou com Patryk MNICH, o Mister Fotogenia ficou com  Jakub KOWALEWSKI, o Mister Amizade ficou com Łukasz JAGŁA, o Mister Elegância ficou com Patryk BOGDAŃSKI. Karol KASPEREK, o mais velho 31 anos, ficou com o troféu de Mais Hot & Sexy.

Patryk Bogdanski, Jakub Kowalewski e Adrian Nkwamu (Foto: Concurso)

O top 20 Jakub Kowalewski, Jakub Pursa, Damian Dabrowski, Patryk Mnich, Adrian Nkwambu, Kamil Tomczak, Patryk Bogdanski, Maciej Szlufik e Filip Przybylski (Foto: Divulgação)

Os apresentadores Bart Piekarski e Sylwia Made. Convidaram os 24 candidatos que se apresentaram de bermudas, jeans e dançaram muito foi escolhido o TOP 10: Jakub KOWALEWSKI, Jakub PURSA, Damian DĄBROWSKI, Patryk MNICH, Kacper KĘDZIERSKI, Patryk BOGDAŃSKI, Kamil TOMCZAK, Adrian NKWAMU, Maciej SZLUFIK e Filip PRZYBYLSKI. Senti falta no TOP 10 de Maciej PALUCH, Przemysław WNĘK e Mateusz ŻYGADŁO. Depois das entrevistas ficaram três: Patryk BOGDAŃSKI, de 23 anos; Adrian NKWAMU, de 18 anos e Jakub KOWALEWSKI, de 26 anos.

Matilde Terto vence o Miss Pernambuco de 1976

Miss Pernambuco de 1976, Matilde de Souza Terto de maiô Catalina e de vestido by Gilson Guedes (Fotos: Acervo de FAM)

Há 45 anos, diante de um público de 20 mil pessoas Matilde de Souza Terto, de Serra Talhada, era eleita no Geraldão, Miss Pernambuco de 1976. Os apresentadores foram Albuquerque Pereira e Carmen Towar. Outra atração da noite foi o show com Maria Alcina. Participaram do concurso 25 candidatas. No 2º lugar ficou Rejane Liberal, no 3º lugar Maria Pompeia Farias, em 4º lugar Maria de Fátima Lima, e em 5º lugar Maria de Lourdes NóbregaMatilde ganhou um Chevette. Maria Aparecida Santos, Miss Caruaru, foi escolhida como Miss Simpatia.

Julia Katia, Katia Cristina, Lutércia Maria, Maria Aparecida e Maria Betania (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Maria da Conceição, Maria Gilvante, Maria de Fátima, Maria Helena e Maria de Lourdes (Reprodução do Diário de Pernambuco)

As candidatas foram Ana Catarina Linhares Wanderley (Internacional), Ângela Maria Roberto Varela (Vitória de Santo Antão), Célia Gomes de Moraes (Clube Democrático de Arcoverde), Elizabete Inácia Rodrigues de Lima (ESURP), Helbe Maria Padilha de Barros (Buique), Júlia Katia de Araújo (Grupo Jovem de Boa Viagem), Katia Cristina Medeiros da Silva (Fisk), Lutércia Maria Sampaio Saraiva (Gremio Cabense), Maria Aparecida Druzziane Saraiva (Caruaru), Maria Betânia Magalhães Albertim (Pesqueira), Maria da Conceição do Nascimento (Clube Destilaria do Cabo), Maria Gilvanete Néris Cavalcanti (Sindicato dos Tecelões de Pernambuco), Maria de Fátima Lima (Flamengo Esporte Clube de Arcoverde).

Marta Maria, Matilde, Rejane Maria, Rosaura e Roseilda (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Ana Catarina, Ângela Maria, Célia, Elizabeth e Helbe Maria (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Ainda Maria Helena Farias Cavalcanti (Ribeirão), Maria de Lourdes Cavalcanti Lima (Associação dos Jornalistas de Turismo), Maria de Lourdes Cavalcanti Nóbrega (Sport), Maria de Lourdes dos Santos (São Bento do Una), Maria Pompeia Farias (Náutico), Maria do Socorro Barata (Colégio Abreu e Lima), Maria do Socorro Sobral (Moreno), Marta Maria Cavalcanti Leitão (Catende), Matilde de Souza Terto (Serra Talhada), Rejane Maria Liberal (Clube Elefante de Olinda), Rosaura Muniz da Silva (Praia do Janga) e Roseilda Soares (Associação Atlética Diário do Agreste de Caruaru).

Maria de Lourdes, Maria do Socorro, Socorro Sobral, Maria de Lourdes e Maria Pompeia (Reprodução do Diário de Pernambuco)