Fernando Machado

Blog

Réquiem para João Bosco Mendonça

Ontem, Dia do Amigo, no final da tarde, quando soube que o carnavalesco João Bosco Mendonça tinha falecido no Rio de Janeiro, fiquei muito triste. Convivi pouco com JBM, mas o tempo necessário para qualifica-lo como uma figura humana sensacional, sem rancores, mesmo quando era vítima das injustiças das comissões julgadoras. Com sua morte se encerra os anos dourados dos grandes de fantasias, no Bal Masqué e Municipal. Agora ele está curtindo o Carnaval ao lado de Múcio Catão, Jaime Melo, Consuellá, Almir da Paixão e Rita Clemente.

joão-bosco3

João Bosco era um eterno carnaval (Foto: Face)

Claro que os campeões Clóvis Bornay, Jesus Henrique, Evandro de Castro Lima e Wilza Carla receberam para fazer parte do Bloco da Saudade. Já devem estar frevando e sambando no céu. Lembro da última vez que participei de uma comissão julgadora, em 2014, e foi na Meca dos apoteóticos Municipais, que João Bosco venceu o concurso de fantasias com Maracatu Nação Leão Coroado – 150 anos de Glória. O candidato que ficou em segundo lugar perdeu a linha e rodou a baiana. Depois dessa baixaria João Bosco nunca mais ganhou.

joão-bosco4

João Bosco tinha poder na passarela (Foto: Face)

Era destaque da Escola de Samba Império da Tijuca, que por coincidência desfila hoje no sambódromo, no Rio de Janeiro. E claro João Bosco seria mais uma vez destaque. Um dia antes de seguir até o Rio de Janeiro, falei com ele e o senti visivelmente triste e me disse “nunca mais desfilarei no Bal Masqué e Municipal, agora somente na Império“. Parecia uma premunição. João Bosco que nasceu em Pernambuco, no dia 31 de maio de 1959, morreu ontem, na cidade que adorava: Rio de Janeiro.

joão-bosco5

João Bosco foi um grande amigo (Foto: Face)

Pincei algumas frases de seus amigos postadas no face. Madjo Costa afirmava “ainda não acredito que você nos deixou, assim… Sem se despedir. A tristeza neste momento tomou conta do mundo carnavalesco, e mais uma parte de mim se vai para os braços do meu criador. Sentirei saudades eternas!” Manoel Pedro confidenciou: “A vida é mesmo um fio. Faleceu o grande amigo Bosco. Que ser humano maravilhoso, de um coração abençoado, de um talento incrível. Que tristeza imensa se abateu em mim nesse momento. O céu está em festa.”

joão-bosco-mendonça

João Bosco venceu um concurso de fantasias pela última vez com esta obra (Foto: Fernando Machado)

8
4 Discussions on
“Réquiem para João Bosco Mendonça”
  • O João Bosco era um grande intérprete das fantasias um desfile peculiar que o diferenciava de todos, realmente desfilava com graça e leveza, tinha todo um estilo. Agora continua sua caminhada evolutiva, desfilando seu crescimento espiritual. Deus o receba em sua nova morada.

  • Meu tio, meu grande herói, injustiçado não só nas passarelas, pela família, pela vida…
    Um vencedor, que agora irá brilhar no céu.

  • Tive o prazer de trabalhar ao lado dele alguns anos na Paixão de Cristo de Recife. Com certeza ira deixar muita saudade, assim como deixa grandes ensinamentos. Obrigado por escrever no livro de minha vida grandes alegrias. Vá com DEUS meu querido.

  • João Bosco Mendonça, meu Bosquinho, um rei de coroa fixa, e de um brilho singular, mesmo nas injustiças, conseguia sorrir e dizer, \”depois a gente ver\”, nos últimos dias de sua existência tive o privilégio de acompanhá-lo em sua casa no bairro de Casa amarela, ele se dizia filho daquela terra, e nestes dias pude curtir o feijão do Bosco, um bolinho de macaxeira e muitos sorrisos e produções…Ele nos deixa um legado muito importante, de nunca desistir das passarelas e tê-las como local de resistência para que não acabem com nossas fantasias (concursos)…Bjus pra ele meu eterno professor.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.