Fernando Machado

Blog

Queima da Lapinha

Quarta-feira, à noite, foi de celebração e pedidos no centro do Recife com a Queima da Lapinha. A festividade, que marca o fim do Ciclo Natalino, também celebra o início de uma nova etapa: o Ciclo Carnavalesco. Quinze pastoris, orquestras de frevo e agremiações participaram da noite. O Pátio de São Pedro estava lotado. A noite começou no Pátio do Carmo com a concentração dos pastoris para a realização do cortejo que conduziria a lapinha até o Pátio de São Pedro.

p-pastoril-inaldo-menezes

Apesar do fotografo não registar o cordão azul fez muito sucesso nos pastoris (Foto: Inaldo Menezes)

p-pastoril-inaldo-menezes2

Ola lá o cordão azul, gente, durante a queima da lapinha (Foto: Inaldo Menezes)

Estas entoaram cânticos e dançaram durante todo o trajeto. Ao chegar ao Pátio de São Pedro, os grupos depositaram a Lapinha no centro do local e fizeram um círculo no entorno. Antes da queima, a bandeira com a imagem de Jesus Menino foi entregue à representante do Pastoril Rosa Mística, dos Torrões, D. Lurdes de 72 anos, não escondia a felicidade. Apagada a última chama, foi a vez do frevo tomar conta do local ao som de Mendes e sua Orquestra e do bloco lírico O Bonde.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.