Fernando Machado

Blog

Perfil do Consumidor: Silas da Costa e Silva

O focalizado deste domingo é o cerimonialista e radialista pernambucano Silas da Costa Silva, que começou sua carreira em 1979, como mestre de cerimônia do governador Marco Maciel. Tem estágio no Itamaraty, foi chefe do Cerimonial da Prefeitura da Cidade do Recife, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, e atualmente é chefe do Cerimonial do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Silas também é membro do Comitê Nacional do Cerimonial Público.

silas-costa-e-silva
O cerimonialista Silas da Costa e Silva

Um (a) cerimonialista que a história guardou – Professor Nelson Speers

Um (a) cerimonialista que a história vai guardar – Emílio Schuler

Qual a maior invenção do homem – O telefone, porque faz o mundo parecer pequeno

Qual a pior invenção do homem – O cigarro

Qual a solenidade que gostaria de assinar – Inauguração da “Central de Cura do Câncer”

Uma solenidade inesquecível – Foram tantas, mas a de Entrega do Título de “Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade” a Olinda, em 2005, foi muito emocionante.

Um livro de cabeceira – A Bíblia, sempre, mas no momento está na minha cabeceira, “Tempo de Esperança” de Mark Finley

Um escritor – Gabriel Chalita

Um (a) poeta – Ascenso Ferreira

Quem gostaria que escrevesse sua biografia – Minha esposa Violeta (quem mais me conhece)

Um mito – Walt Disney

Um restaurante preferido – Oficina do Sabor – Olinda

O que não pode faltar na sua geladeira – Queijos e iogurtes

Comida que adora – Bacalhau

Comida que detesta – Buchada

Um filme inesquecível – “Piaf – Um Hino ao Amor”

Um ator – Anthony Hopkins e Paulo Gracindo

Uma atriz – Catherine Deneuve e Tônia Carrero

Um compositor – Andrew Lloyd Weber e Tom Jobim

Uma música inesquecível – “Moon River”, mas tem muitas outras…

Um cantor – Frank Sinatra e Roberto Carlos

Uma cantora – Barbra Streisand e Jane Duboc

O ponto turístico do Recife que recomendaria ao turista – Oficina Francisco Brennand

Com quem gostaria de esbarrar no TJPE – Diariamente com pessoas sinceras, amigas e profissionais honestos.

A palavra mais bonita na língua portuguesa – Humildade (a porta de entrada para a vida)

E a mais feia – Vaidade (a grande vilã do cerimonial)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.