Fernando Machado

Blog

Perfil do Consumidor: Maestro Forró

O maestro Forró é o filho mais novo da professora aposentada Maria da Penha e José Amâncio da Silva, mais conhecido como “Zé Amâncio do Coco”. O pianista e também maestro, Givanildo Amâncio, é o seu irmão. Nascido no dia 14 de outubro de 1974, no Recife, Francisco Amâncio da Silva, o irreverente “Forró” ganhou esse apelido quando ainda era aluno de música na Escola Dom Vital. Músico talentoso e precoce, logo se tornou monitor e professor por onde passou. Foi assim na Banda de Música da Escola Dom Vital e depois no Centro de Criatividade do Recife nos anos 90. Inquieto e de espirito independente, Forró começou a trabalhar aos 14 anos. Aprofundou os seus conhecimentos musicais no curso da Universidade Federal da Paraíba.

maestro-forro-beto-figueiroa1
Francisco Amâncio da Silva ou Maestro Forró (Foto: Beto Figueiroa)

Torcedor do Santa Cruz, o maestro diz que foi natural a sua escolha, pois além do pai ser também tricolor, a proximidade desde a infância na Bomba do Hemetério com a sede do Arruda enfatizou a sua escolha. Nas comemorações dos 95 anos do Santa Cruz, o Maestro Forró, em parceria (póstuma) com Nelson Ferreira, compôs o frevo de rua, Vulcão Tricolor e presenteou o clube com uma apresentação memorável da OPBH na sede social do clube. O maestro Forró é pai de Thaís, Mylena, Mayara e Júlia e a suas ‘crias’ não param por aí. Em 2002, o Maestro Forró criou na sua própria casa a Escola Comunitária de Música Zé Amâncio do Coco e assim nasceu a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH).

Qual a maior invenção do homem – Os instrumentos musicais

Qual a pior invenção do homem – Armas de Fogo

Uma música inesquecível – A Banda (Chico Buarque)

Com quem gostaria de se esbarrar no carnaval do Recife – Pra variar!! Com a energia contagiante do carnaval pernambucano

Quem gostaria que compusesse uma música para você – Luiz Gonzaga

Um compositor que a história guardou – Villa-Lobos

Um compositor que a história vai guardar – Bernardino José (criador do Maracatu Nação Pernambuco)

Filme preferido – O Gordo e o Magro

Um ator – Osmar Prado

Uma atriz – Lívia Falcão

A música que mais gosta de tocar – A que o momento sugerir!!

A palavra mais bonita na música – Harmonia

E a mais feia – Desafinação

Um cantor – Claudionor Germano

Uma cantora – Alcione

Uma fruta – Abacaxi (geladinho)

Comida preferida – Café amargo com bolo de noiva

Comida que detesta – Jaca

Restaurante que gosta de ir – Bode Dourado, na Encruzilhada

O que não pode faltar na sua geladeira – Tomate (bem vermelhinha)

Perfume – Acqua Di Gio

Desodorante – O politicamente incorreto, aerosol Rexonamen

Xampu – Nunca acerto qual o melhor!!

Um destino turístico – Istambul (Turquia)

Um filme inesquecível – Tempos Modernos

Um ator de cinema – Charles Chaplin

Uma atriz de cinema – Jennifer Lopez

Sonho de consumo – Ir a Cuba com Fidel Castro vivo

Quem gostaria de levar para uma ilha deserta – A minha namorada

Quem deixaria por lá para sempre – A proibição!!

Livro de cabeceira – Frevo 100 Anos de Folia

Um escritor (a) – Ariano Suassuna

Um (a) poeta – Cartola

Quem gostaria que escrevesse sua biografia – A mulher que eu amo

Um show inesquecível – Alceu Valença no Morro da Conceição, nos anos 80. Só ele e o violão

Qual o ponto turístico do Recife que recomendaria a um turista – Um passeio cultural na Bomba do Hemetério

Mal do século – A má alimentação

Bem do século – O centenário do Frevo

24

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.