Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“Era um, era dois, era cem / Era o mundo chegando e ninguém / Que soubesse que eu sou violeiro / Que me desse o amor ou dinheiro…” Edu Lobo 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.