Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“Tudo que levamos a sério torna-se amargo”. Alberto da Cunha Melo (1942/2007)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.