Fernando Machado

Blog

Pausa poética

“Tico-tico / Tico-tico / O tico-tico ta / Tá outra vez aqui / O tico-tico tá comendo meu fubá / O tico-tico tem, tem que se alimentar / Que vá comer umas minhocas no pomar”. Zequinha de Abreu (1880/1935)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.