Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

SILVIO CALDAS

“Andorinha teu verão está longe / Longe está o meu amor / Eu canto, eu choro, e a saudade / Me traz andorinha, bailarina serena / A saudade de alguém que partiu.” Silvio Caldas (1908/1998)

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.