Fernando Machado

Blog

Pausa poética

adelino-moreira

“Sei que esta gente falante vai agora ironizar / Ele voltou, o boêmio voltou novamente / Partiu daqui tão contente / Por que razão quer voltar?” Adelino Moreira (1918/2002)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.