Fernando Machado

Blog

Pausa poética

“Se você jurar que me tem amor / Eu posso me regenerar / Mas se é para fingir, mulher / A orgia assim não vou deixar”. Ismael Silva

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.