Fernando Machado

Blog

Pausa poética

“Deve-se reconhecer, também, que fantasiar-se de nobre correspondia à aspiração dos sambistas, que viam a nobreza como um sonho inalcançável, a não ser no Carnaval.” Ferreira Gullar

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.