Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“O tempo não para no porto, não apita na curva, não espera ninguém.” Carlinhos Vergueiro

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.