Fernando Machado

Blog

Pausa Poeta

“Quem vota em corrupto / De sê-lo morre de vontade / Se ainda corrupto não é / Faltou-lhe oportunidade / Quem aplaude corrupção / Foi ou é também ladrão / Isso é uma pura verdade”.  Carlos Sinésio Cavalcanti 

 

1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.