Fernando Machado

Blog

Patrulha dos Bairros

O que o governo atual chama de Patrulha do Bairro não tem nada a ver com o serviço de policiamento lançado com esse nome no governo Roberto Magalhães. Na época, o comandante da PMPE, coronel Nelson Lucena, conseguiu verba com o então ministro de Justiça, Fernando Lyra, para comprar as kombis da verdadeira Patrulha dos Bairros, que contava com cinco PMs por cada carro. Eles faziam rondas motorizadas, seguindo um roteiro predeterminado e parando em pontos de estacionamento prefixados.

Enquanto a kombi estava parada, duas duplas de PMs faziam rondas a pé, também por locais estabelecidos. O quinto PM ficava na kombi em contato com a central de polícia. A kombi nunca saía do bairro, pois em caso de prisão de algum suspeito ou acusado de crime, uma guarnição normal de polícia era acionada para fazer a condução do preso até a delegacia. Essa reportagem faz parte de uma série de três sobre o assunto.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.