Fernando Machado

Blog

O Thaal é o tal

O chef Thiago Freitas e seu irmão George Freitas abriram as portas do seu Thaal Cuisine, sexta-feira, para um grupo de jornalistas degustarem o cardápio místico do novo point gastronômico da cidade. A restaurante fica em Casa Forte. O arquiteto Carlos Augusto Lyra repaginou o local levando a influência indiana, mas, respeitando toda sua arquitetura datada de 1880. O símbolo do Thaal foi retirado do ladrilho hidráulico inglês que repousa no piso do salão principal.

t-thiago-freitas
No barzinho do Thall, o chef Thiago Freitas (Fotos: Fernando Machado)

Thaal, no hinduísmo, é a música cantada durante as oferendas de alimento aos deuses. O cardápio recebeu uma influência européia com uma pitada asiática. O restaurante é contempoaneo num estilo definido como “world fusion”. A apresentação dos pratos é um exemplo disso. As entradas devem devem ser comidas com hashi ou em paletas de cores de pintor, ou então com talheres normais, mostram a personalidade do lugar. Tudo com muito charme.

t-george-thiago-freitas
Os sócios George Thiago Freitas no hall de entrada da casa

O Chef Thiago Freitas brinca com os sabores e com a apresentação dos pratos. Na noite de degustação fomos apresentados na entrada por um Salmão Czar, Samosas, Foies Thaal e Tapas (não confundir com a agressão). Os pratos principais foram Agnus Dei (carré de cordeiro texturado), Coturnix (codorna desossada recheada com farofa de castanhas e purê de foies gras) e finalmente o Sarcófago Espanhol (batata crocante, recheadas com mousseline de safrón, guarnecida com frutos do mar).

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.