Fernando Machado

Blog

O Sim de Renata e Frederico

Após 27 anos de casados civilmente, Renata Lück e Frederico Teixeira trocaram as alianças quinta-feira, na Igreja de Nossa Senhora das Dores, em Nova Cruz ou Maria Farinha. O templo foi construído num terreno doado pelo casal Maria José e José Januário Dourado e foi inaugurada no dia 30 de dezembro de 1888. Na hora do Angelus, para quem não lembra 18h, o noivo muito elegante by Ralph Lauren, entrou na igreja com suja irmã, Ângela van Slyke, ao som Jesus Alegria dos Homens, do compositor alemão Johann Sebastian Bach.

Frederico Teixeira, Padre Arlindo e Renata Lück (Foto: Fernando Machado)

Os filhos adolescentes Lucas, Renato, Frederica e Sofia abriram o cortejo dos 18 padrinhos. Foi uma cena belíssima. A noiva, irrepreensível num modelo branco da HD, surgiu na nave central ao lado do irmão Gustavo Luck, ao som da Ave Maria de Gounod, cantada em alemão. Renata foi penteada e maquiada por Fabiana Lima. A cerimônia religiosa foi presidida pelo padre Arlindo, que roubou a cena explicando qual o significado de um casamento Católico Apostólico Romano. João Alberto Sobral e sua Sheila Wanderley adoraram a homilia do Padre Arlindo.

Lucas, Frederica, Frederico, Renata, Renato e Sofia (Foto: Ângela van Slyke)

No momento da benção das alianças, a jovem Frederica Teixeira  subiu até coro e cantou a musica 1.000 Years. Foi lindo demais. A decoração estava muito bonita, como rosas brancas e carinhos de mãe, tendo como contraponto folhagens, assinada por Hivison Andrade. O cerimonial foi grifado por Manu Sumara. E como manda a tradição, Renata e Frederico ao sair da nave central da igreja recebeu uma chuva de arroz. Amanhã escreverei sobre os cumprimentos que aconteceram no Catamaran Praia Beach Club, de Juliana Britto.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.