Fernando Machado

Blog

O Castelus de Brennand & Konrad

b-julião-konrad-ricardo-brennand

Julião Konrad e Ricardo Brennand (Foto: Fernando Machado)

O complexo cultural do Instituto Ricardo Brennand, ganhou ontem, o Restaurante Castelus, de Julião Konrad. Quando no santuário, ao ar na mata atlântica, pensei logo em Gonçalves Dias e recitei baixinho essa terra tem palmeiras, onde canta o sabiá. Os gorjeios e a coreogrfia dos pássaros sobre nós era de fazer inveja ao produtor musical e fundador do balé russo, Sergei Diaghilev.

b-graça-catarina-paula-ricardo-patricia-renata-lourdes

Graça, Catarina, Paula, Ricardo, Patrícia, Renata e Lourdes (Foto: Fernando Machado)

b-marlene-konrad

A senhora Marlene Konrad (Foto: Fernando Machado)

O Castelus é no mesmo estilo do Museu Castelo São João, gótico Tudor. E como ele é rodeado por um parque deslumbrante e bem tratado onde os visitantes sentem o cheiro de antiguidade, afinal de contas, Ricardo Brennand é um dos maiores colecionadores do mundo. O restaurante apresenta um novo olhar sobre a gastronomia, oferecendo um cardápio regional gourmet com pratos cheios de sabor, assinados pela chef Marie França. Eu como gosto de reinventar batizei de contemporâneo com sotaque regional.

b-marie-frança

A chef Marie França (Foto: Fernando Machado)

b-gustavo-belarmino

O jornalista Gustavo Belarmino (Foto: Fernando Machado)

O seu projeto é também grifado pelo Escritório de Augusto Reinaldo e é dividido em dois enormes salões. Um fica debruçado o caminhos das palmeiras imperiais. Na entrada dois vasos de mármores negros contrastava com a elegância de uma mesa redonda também de mármore e com detalhes de cobre. Nas paredes, medalhões com as figuras dos imperadores de romanos. Na outra sala uma mesa imensa, sem vestígios de corte, repousa sobre dois suportes antigos.

b-leonardo-dantas

O pesquisador Leonardo Dantas Silva (Foto: Fernando Machado)

b-tania-beatriz-miriam-julia-carla-konrad

Tania, Beatriz, Miriam, Julia e Carla Konrad (Foto: Fernando Machado)

Ali, tudo ou quase tudo, nos leva aos Século XVIII e XIX. Os talheres são de pratas inglesas by St. James, e as louças portuguesas by Vista Alegre. Para sua inauguração ontem, apenas 50 convidados entre familiares dos Brennand e dos Konrad, e a imprensa. Depois de ter descrito muita coisa vamos agora para outro item importante: a gastronomia. Comi um bacalhau de agente rezar para Nossa Senhora das Graças ou Nossa Senhora do Rosário. A paella não provei, mas meus colegas não pararam de elogiá-la.

b-giovani-oliveira-ana-quitéria-santos

Giovani Oliveira e Ana Quitéria (Foto: Fernando Machado)

 

1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.