Fernando Machado

Blog

O Bloco da Saudade é Olinda Cidade Eterna

O som dos clarins de Olinda serviu de fundo musical para a apresentação das fantasias do Bloco da Saudade, leia-se a presidente Isabel Bezerra, que irão desfilar homenageando a Marim dos Caetés no Carnaval de 2018. Os novos figurinos foram apresentados terça-feira, no auditório da Prefeitura do município. Com o tema Olinda Cidade Eterna, o destaque principal das peças são os monumentos históricos e belezas naturais da cidade.

Os acendedores de lampião Alvaro Moreira e José Inaldo Cavalcante (Foto: Sandro Barros)

Fundado no Carnaval de 1974 por Edgard Moraes, o Bloco da Saudade desfila ao som da composição Valores do Passado com o propósito de ressaltar os blocos de rua do Recife. Coube ao carnavalesco Carlos Ivan de Melo, criador das fantasias, apresentar o cortejo de fantasias, aproveitou para cantar o Hino de Olinda. É bom frisar que esta é a primeira vez que o Bloco apresenta as fantasias antecipadamente.

Alvaro Moreira, Girlane Arraes e José Inaldo Cavalcanti, além de Girlane Arraes (Fotos: Divulgação)

Inspiradas nos séculos XVI e XVIII, a primeira fantasia desfilada foi a do Farol de Olinda, com pedrarias que ressaltam as cores pretas e brancas do monumento, onde recebeu a bandeira da cidade pelas mãos do secretário de Patrimônio e Cultura do município, Gilberto Sobral. A segunda fantasia foi inspirada na criação da cidade, com desfile dos modelos representando Duarte Coelho e sua esposa, Brites de Albuquerque, ressaltando as cores brancas, azuis e vermelhas do Bloco.

Dante Pessoa Oton, Natália Castilho e Maria Letícia Mendonça (Fotos: Divulgação)

A terceira fantasia desfilada foi inspirada em Jerônimo de Albuquerque, administrador da Capitania de Pernambuco e auxiliador de Duarte Coelho na pacificação dos índios, e na índia Muirá-Ubi, esposa de Jerônimo. O tema do bloco foi inspiração para confecção da fantasia feminina, com arranjo representando o céu de Olinda, joias que remetem as riquezas da cidade, além da saia pintada alguns monumentos de Olinda.

Bruno e Ariane Amorim (Foto: Sandro Barros)

Já a fantasia masculina veio representando os acendedores de lampiões que “alumiavam as ruas da mais formosa cidade brasileira”, também inspirada nas cores do bloco. A presidente do bloco, Izabel Bezerra, que destacou os locais onde o bloco irá passar pela cidade, comandou o coral na sua apresentação.

Getúlio Cavalcanti e o Coral do Bloco da Saudade (Foto: Sandro Barros)

Um dos compositores mais ativos do bloco, Getúlio Cavalcanti, encerrou a apresentação das fantasias com a mais nova composição inspirada no tema do bloco. Entre frases inspiradoras e alegres que compõem a música – uma das frases que mais chamam atenção na canção diz: O Bloco da Saudade é só felicidade na Velha Marim.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.