Fernando Machado

Blog

O Aplicativo do Bocão está no ar

O barão João José Rodrigues Mendes (1827/1893), ao adquirir, em 1863, o Sitio da Jaqueira, em Ponte Uchoa, da viúva do Barão de Casa Forte, Dona Maria Francisca Marques de Amorim, fez uma reforma no casarão. E como todo comerciante português bem sucedido da época, caprichou na repaginação que deixou a sociedade da época deslumbrada. É bom frisar que a Ponte Uchoa era o mais aristocrático dos subúrbios recifenses.

b-tarcisio-regueira-maria-angela

Tarcisio Regueira à côté Maria Ângela (Foto: Fernando Machado)

As paredes do casarão foram revestidas de azulejos vindos de Portugal, talvez de sua terra natal Braga. No piso foram colocados retângulos de mosaicos inglês, e o teto ganhou lustres de Bacarat. O mobiliário de carvalho veio da Áustria e essa tarefa, de embelezar o palacete do estilo neoclássico, coube a artista plástico francês que vivia perambulando pelas ruas do Recife, Eugene Lassailly.

b-maria-lecticia-cavalanti-margarida-cantarelli

As imortais Maria Lecticia Cavalcanti e Margarida (presidente da APL) Cantarelli (Foto: Fernando Machado

Com a morte de sua esposa, dona Eugenia, em 8 de setembro de 1878, o barão Rodrigues Mendes que tinha construído nos arredores do sitio um torreão se transferiu lá. Cedeu o palacete para a filha Joana, casada com o médico Malaquias Antonio Gonçalves. Até 1966 aquele complexo pertencia aos herdeiros do Barão, quando foi desapropriada pelo governador Paulo Guerra, para ser a sede da Academia Pernamucana de Letras. Pois bem, foi no Auditório Mauro Mota, que aconteceu o lançamento do Aplicativo do Bocão, uma plataforma mobile para acessar ao vivo toda a programação do comunicador.

b-sheila-wanderley-carla-arraes2

Sheila Wanderley com uma bolsa Diane von Furstenberg e Carla Arraes (Foto: Fernando Machado)

É bom frisar que este é o primeiro aplicativo individual em Pernambuco. A apresentação coube ao jurista e imortal José Paulo Cavalcanti, que vai lançar em agosto o livro So mente a verdade, pela Record. Na obra ele conta histórias que aconteceram no seu escritório de advocacia. Durante a festa de Bocão, tivemos a apresentação do quinteto da Orquestra Criança Cidadã, falas de José Paulo e do próprio Bocão. Também tivemos a exibição num telão de fatos que marcaram a vida do comunicador.

b-tarcisio-regueira-jose-paulo-cavalcanti

Tarcisio Bocão Regueira e José Paulo Cavalcanti fumando seu charuto (Foto: Fernando Machado)

Depois foi servido um coquetel by Karina Renny, que aconteceu nos jardins da Casa Carneiro Vilela, cercados de árvores centenárias (pau-brasil, macaíbas, aroeiras, mangueira, azeitonas, jambos, cajus e pitangas). No cardápio barquete de purê de batata com carne seca, mini quiche de provolone, cestinha de frango defumado, canudinho de bacalhau e bobô de camarão. Tudo isso regado a refrigerantes e espumante Rio Sol.

2

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.