Fernando Machado

Blog

Noticias da Paraíba

Os pacientes acamados que ficam muito tempo na mesma posição podem apresentar lesões na pele por pressão, conhecidas popularmente como “escaras”. Existem algumas medidas que são adotadas para evitar tais feridas, como a mudança de posição dos pacientes, a hidratação da pele e o uso de colchões pneumáticos. Como forma de oferecer um atendimento humanizado aos seus pacientes, o Hospital Universitário Alcides Carneiro, de Campina Grande, vinculado à Rede Ebserh/MEC, adquiriu 30 desses colchões.

A partir de agora, todos os leitos da Unidade de Terapia Intensiva Adulto do HUAC contam com essa tecnologia. Além disso, pacientes de outras alas podem se beneficiar com a melhoria conforme a necessidade. O colchão pneumático é composto por vários compartimentos que se enchem e se esvaziam alternadamente, fazendo com que não haja atrito da pele do paciente com o colchão por muito tempo.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.