Fernando Machado

Blog

Nos Bastidores da Política

Na data em que se comemora o Dia Mundial do Refugiado, 20 de junho, a Operação Acolhida do Governo Federal atingiu a marca de 76.398 cidadãos interiorizados até maio de 2022. Desde 2018, o programa recebe venezuelanos que atravessam a fronteira em busca de melhores condições de vida. A estratégia brasileira é realocar as pessoas que chegam a Roraima em direção a outros estados brasileiros. 

Os refugiados e imigrantes já foram interiorizados para 836 municípios. Manaus, com 5.287 venezuelanos; Curitiba, com 5.084; e São Paulo, com 4.196; foram as cidades que mais receberam cidadãos do país vizinho. Os três estados do Sul são os recordistas neste acolhimento. Para Santa Catarina foram interiorizadas 13.383 pessoas, seguida pelo Paraná (13.199) e Rio Grande do Sul (11.328) até o último mês.

A Operação Acolhida conta com o apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados. Além do Alato Comissriado, o trabalho é feito em parceria com as Forças Armadas, a Polícia Federal; a Receita Federal; a Defensoria Pública da União; o Tribunal de Justiça de Roraima; a Organização Internacional para as Migrações; o Fundo das Nações Unidas para a Infância; o Fundo de População das Nações Unidas; e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.