Fernando Machado

Blog

Nos bastidores da Política

Com 41 quilômetros de extensão e investimento previsto de R$ 610 milhões, o Porto do Açu é a primeira empresa a receber autorização do Governo Federal para construir e operar uma ferrovia no Rio de Janeiro. O trecho privado, o 22º autorizado dentro do programa Pro Trilhos, fica no município de São João da Barra e será voltado ao transporte anual de 50 milhões de toneladas de carga em direção ao porto. O contrato entre a União, representada pelo Ministério da Infraestrutura, e a administração do Porto de Açu foi assinado em solenidade com as presenças do presidente da República, Jair Bolsonaro; os ministros da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, além do governador do Rio, Cláudio Castro. As autoridades destacaram a possibilidade de a nova ferrovia gerar mais de 4,4 mil empregos na região.

Ontem, o Ministério do Trabalho e Previdência divulgou os números do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), que mostrou que o Brasil encerrou 2021 com saldo positivo e histórico de 2.730.597 milhões de novas vagas de emprego. De janeiro de 2019 a dezembro de 2021 foram 3.183.221 milhões de vagas com carteira assinada. O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, destacou o trabalho realizado pelo Governo Federal na manutenção de empregos e na melhoria do ambiente de negócios no País, o que contribuiu significativamente na geração de novos postos formais de trabalho.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.