Fernando Machado

Blog

Nos Bastidores da Política

Até fevereiro de 2022, o Pátria Voluntária vai arrecadar itens de vestuário e roupas de cama e banho para destinar aos moradores das cidades de Minas Gerais e Bahia que foram afetados pelas chuvas no mês de dezembro. A campanha acontece em parceira com ANATEL, Casa Civil da Presidência da República, Cruz Vermelha Brasileira, DNIT, Polícia Rodoviária Federal, e Ministérios do Desenvolvimento Regional, da Cidadania, da Defesa e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Além disso, caso surja a necessidade de ações emergenciais no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, devido às chuvas de verão, conforme alertas da Defesa Civil, a campanha poderá ser estendida. Qualquer pessoa ou empresa que queira participar doando esses itens, pode procurar os pontos de coleta mais próximos.

O ministro Marcelo Queiroga sempre atuante pela nossa saúde (Foto: Walterson Rosa)

Para beneficiar milhares de pacientes renais crônicos em todo Brasil, o Ministério da Saúde reajustou em 12,5% os valores para custeio de serviços de hemodiálise e 24,3% para diálise peritoneal pelo SUS. Na manhã ontem, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou a portaria que autoriza o reajuste. O impacto financeiro anual com os novos valores é de R$ 401 milhões, dos quais R$ 369,9 milhões são para hemodiálise e R$ 31,1 milhões para diálise peritoneal. Atualmente, 723 estabelecimentos de saúde estão habilitados para o cuidado desses pacientes. Desses, 688 oferecem a diálise peritoneal. O SUS conta, atualmente, com mais de 26,3 mil máquinas de hemodiálise pelo país. A estimativa é que 184 mil brasileiros estejam passando por alguma Terapia Renal Substitutiva, ou seja, quando há a necessidade de suprir a função dos rins em pacientes que apresentam falência renal aguda ou crônica.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.