Fernando Machado

Blog

Nos bastidores da Política

O Ministério da Defesa informa que a matéria Hospitais das Forças Armadas reservam vagas para militares e deixam até 85% de leitos ociosos sem atender civis, publicada em 6 de abril, no portal da Folha de S. Paulo, contém graves manipulações, incorreções, omissões e inverdades, que levam o leitor à completa desinformação. Ao contrário do que induz o título da matéria, a grande maioria dos hospitais militares está com quase todos os leitos de UTI ocupados. Na realidade, muitos hospitais militares têm frequentemente removido pacientes para outras regiões para evitar o colapso. Assim como os hospitais civis, a situação varia de acordo com cada região. Os números são críticos e evoluem diariamente.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação, já investiu R$ 53,7 milhões e concedeu 1.959 bolsas por meio do Programa de Combate a Epidemias. A iniciativa tem a finalidade de incentivar estudos voltados à prevenção e ao enfrentamento da Covid-19 e outras doenças epidemiológicas.

O ministro da educação Milton Ribeiro participou  da primeira reunião do ciclo de debates do PL 3179/2012, organizada pela Deputada Luiza Canziane, que visa regulamentar a modalidade de educação domiciliar. O grupo de debate também contou com a presença da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.