Fernando Machado

Blog

Nem tudo está azul com a Azul

Enquanto as Secretarias de Turismo de Pernambuco e a do Recife festejavam, anteontem, os novos voos da Azul em Pernambuco, a companhia aérea enviava um comunicado a todos os seus tripulantes informando da redução da malha, da devolução de mais de 20 aeronaves neste semestre e ainda abriu o programa de licença não remunerada para quem desejar se afastar temporariamente da Azul no prazo de 6 meses até dois anos. Como pode uma empresa em crise receber tanta honraria? Quem viver verá.

By the way: Jorge Tadeu Andrade, ex Infraero, mandou um recado para Luiz Felipe Moura, que também estava empolgado com essa propaganda enganosa: “Alguém precisa explicar ao secretário de Turismo que hub é outra coisa. O que a Azul está fazendo é uma ampliação da malha aérea, tendo escolhido o Recife como base de conexão. Todos esperam que dê certo e que os voos se consolidem, mas hub ainda é briga de cachorro grande. A Azul também vem sofrendo com os resultados da crise financeira do país”.

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.