Fernando Machado

Blog

Garnier é o novo comandante da Marinha

Às margens do Lago Paranoá e sob o céu azul, Fuzileiros Navais trajando a bela farda branca de gala e portando seus fuzis aguardavam enfileirados o início da cerimônia. À esquerda do púlpito de autoridades, ficou posicionada a Banda Grupamento de Fuzileiros Navais. Foi nesse cenário, no pátio do Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília, que o Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos assumiu o Comando da Marinha do Brasil, na manhã de ontem. O Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, acompanhou o Presidente da República, Jair Bolsonaro, na solenidade.

Almir Garnier Santos, Jair Bolsonaro, Walter Braga Netto e Ilques Barbosa Júnior (Foto: Igor Soares)

Na ocasião o Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Júnior passou o cargo ao novo Comandante, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos. Emocionado, o substituto recordou sua trajetória na Marinha, desde o seu ingresso na Força. De origem humilde, ele relatou um pouco da sua trajetória. “Quando garoto, via aqueles homens em uniformes brancos manobrando grandes belonaves com grandes canhões e imaginava serem muito diferente de mim. Não eram. Eram apenas brasileiros, que, como eu, tinham a Pátria por devoção”, contou.

Almirante Garnier diante da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais (Foto: Igor Soares)

Aliás, o blog estende o tapete vermelho para o Almirante Garnier que abriu seu notável discurso, assim: “Excelentíssimo Senhor Presidente Jair Messias Bolsonaro, legal e democraticamente entronizado pelo provo brasileiro como comandante supremo das Forças Armadas”. Após o momento da passagem de comando entre os Almirantes, houve salva de 19 tiros de canhão. Ao término, a tropa de Fuzileiros Navais desfilou, em continência ao Comandante da Marinha, ao som da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais.

0
1 Discussion on “Garnier é o novo comandante da Marinha”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.