Fernando Machado

Blog

Fatos Diversos

Quero agradecer inúmeros e-mails que recebi ontem, pela postagem da Missa dos 100 anos do Santa Cruz. Entre eles, destaco Vera Ferraz, Jô Mazzarolo, Marieta Borges, Luiza Leão, Tânia Campello, Maria José Beltrão, Marilene Mendes, Tereza Bezerra, Wanessa Campos, Elisa de Castro, Joseli Lacerda, Lenivaldo Aragão, Leonardo Silva, Tarcisio Miranda, Tarciso Calado, Paulo Tadeu Albuquerque, Carlos Carneiro, Giovanni Pontes, Zilton Antunes e Samuel Braga.

Com o enredo Pernambucópolis desenvolvido por Paulo Menezes a Mocidade celebra na avenida a cultura pernambucana sob o olhar do carnavalesco ícone da história da Verde e Branco na década de 80, Fernando Pinto. O músico Dudu Nobre retorna à Escola do coração e, de quebra, emplacou, pela primeira vez, o samba-enredo principal da Escola, com a canção Independente na Identidade. A sua irmã, a porta-bandeira Lucinha Nobre, também está de volta junto com o mestre-sala Rogerinho.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.