Fernando Machado

Blog

Evoé, Nabuco!

O cantor Almir Rouche deve ter dormido, sexta-feira, o sono dos vitoriosos. Tudo por conta da multidão que foi reverenciá-lo na gravação do DVD, Evoé Nabuco, realizada sexta-feira, no Pátio de São Pedro. O palco recebeu um cenário lindo de Leopoldo Nóbrega, que usou e abusou do branco e preto inspirado no universo do homenageado Joaquim Nabuco. O show durou mais de três horas, mas a plateia não arredou pé.

a-sabrina-almir-bianca-rouche
Almir ao lado da sua bonita esposa Sabrina e da filha Bianca no camarim (Fotos: Fernando Machado)

O espetáculo começou com Evoé Nabuco, um maracatu, e depois seguiu com uma série de frevos. O rapper MV Bill cantou um rap no meio de um maracatu, empolgando o público. Elba Ramalho subiu ao palco para cantar Se Tu Quiseres, e fez questão de confirmar que continua com o bofe Cezzinha, que por sinal fazia aniversário.

a-mv-bill
O deus do ébano MV Bill levou muita gente ao delírio

João Pinheiro cantou uma série de cirandas com Almir (que usou três figurinos by Leopoldo Nóbrega), depois mostrou uma música sua, Pro Meu Amor Parar de Fumar, empolgando o público. E como a festa não podia parar veio Gaby Amarantos cantando marchinhas, mas não deixou de mostrar o tecno melody, ritmo que domina o Pará, com sucessos como Tô Solteira e Beba Doida.

a-joao-pinheiro-gaby-amarantes
João Pinheiro e Gaby Amarantes, a Beyoncé do Pará

No final, uma grande homenagem ao Galo da Madrugada. André Rio, Nena Queiroga e Marrom Brasileiro, entre outros puxadores de trio, cantaram com Almir Rouche. Temos de parabenizar o Almir porque parte da renda na vendagem do seu novo CD e DVD será revertida para a Fundação Altino Ventura. Mais um parabéns, desta feita para o competente jornalista Cleodon Coelho, pelo notável trabalho de coordenação do show.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.