Fernando Machado

Blog

Crise na Segurança (Final)

Como o Governo do Estado tem implantado mudanças em várias áreas da administração, a partir da consultoria que vem sendo dada por uma empresa mineira, é provável que Eduardo Campos faça uma reformulação geral na Secretaria de Defesa Social, que atualmente tem uma estrutura administrativa centralizadora e excessivamente burocratizada, com cerca de 1.200 servidores, na sua maioria formada por policiais que deveriam estar nas ruas.

Analistas da área de segurança acreditam que ele poderá adotar o modelo mineiro ou paulista, onde as secretarias atuam apenas no nível estratégico e por isso têm estruturas enxutas. Nesses Estados, as polícias atuam integradas, mas mantêm suas respectivas autonomias administrativas.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.