Fernando Machado

Blog

Crise na PMPE e CBPE?

Tem cheiro de pólvora nos arredores do Quartel do Derby. Na tarde de ontem, o governador Eduardo Campos anunciou no Palácio do Campo das Princesas, um prêmio (Policia Militar e a Policia Civil), para quem colaborar mais com a redução dos índices de violência. Na plateia, estavam delegados e oficiais da Policia Militar de Pernambuco e do Corpo de Bombeiros.

Depois de ter tomado conhecimento que um grupo de cerca de 20 coronéis assinaram um documento solidarizando-se com o comandante José Lopes, que está fazendo internamente cobranças por melhorias nos salários da tropa, o chefe do executivo pernambucano mandou um duro recado aos auxiliares.

“Quem quiser ficar comigo, fique. Quem quiser sair, que saia agora”, desafiou. Beneficiados com aumento de até 42%, os delegados teriam aplaudido. Já os oficiais, teriam saído cabisbaixos. Governador não esqueça de 1996, quando o governador era seu avô Miguel Arraes e 2000, quando o governador era Roberto Magalhães. Qualquer descuido pode ser fatal.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.