Fernando Machado

Blog

Corpos Celestes, Moda e a Imaginação Católica

A batina do Santo Padre e sobre ela, uma murça (Foto: Marcela Vanegue)

O Metropolitan Museum of Art, em Nova Iorque, está com a exposição chamada Corpos Celestes, Moda e a Imaginação Católica até o dia 8 de outubro. Nela estão sendo exibidos trabalhos de designers que em boa parte, foram criados inspirados na tradição Católica Apostólica Romana: por Saint Laurent, Versace, Chanel e Gautier. Esta influência é expressada por intermédio das explícitas imagens e simbolismo, assim como referencias do vestuário especifico usada pelo Clero.

As capas de Asperges dos Papas Bento XIV, Bento XV e Pio VII (Foto: Marcela Vanegue)

De uma maneira mais profunda, é manifestada em metáforas ao qual o sociólogo Andrew Greeley descreve como uma sensibilidade particular: Imaginação Catolica. A coleção mais exuberante vem diretamente da Sistine Chapel Sacristy, onde 40 peças estão no Costume Institute, incluindo muitas que nunca haviam saído do Vaticano. As peças religiosas serve de pano de fundo para os trabalhos dos estilistas.

Capa de Asperge do Papa Bento XV que depois foi usada pelo Papa Bento XVI (Foto: Marcela Vanegue)

O Cardeal Dolan de Nova Iorque felicitou o trabalho e disse: “O verdadeiro, o bom, e o belo são tão pessoais, são tão reais que eles têm um nome: Jesus Cristo, que se revelou como o caminho, a verdade e a vida. A verdade, a beleza, a bondade de Deus é refletida em todos os lugares, até mesmo na moda.” Esta reportagem foi escrita pela minha sobrinha Marcela Vanegue, que focou mais os trajes dos papas.

As Chaves de São Pedro dadas para o Papa Leão XIII (Foto: Marcela Vanegue)

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.