Fernando Machado

Blog

Categoria Recordar é Viver

Recordar é Viver

Sonia Maria Campos e Maria Edeline Torreão em setembro de 1960 (Foto: O Cruzeiro)

Carmen Terezinha Solbiati quando era Glamour Girl de São Paulo (Foto: Folha de São Paulo)

Maria da Gloria e Ibrahim Sued com os filhos Eduardo e Isabel (Foto: Divulgação)

A senhora Socorro Ramos pelos salões do Recife (Foto: Face)

Os famosos aviadores norte-americano Walter Hinton e o brasileiro Euclides Pinto Martins (Foto: Divulgação)

Recordar é Viver

Ieda Maria Vargas e Tereza Goulart duas gaúchas lindas (Foto: Manchete)

Dois ícones Chico Anysio e Emerson Leão (Foto: Divulgação)

Nieta Stambowsky e Therezinha Pittigliani pelos salões sociais do Rio de Janeiro (Foto: Acervo de Ricardo Stambowsky)

Na capa da Manchete Eutália Figueiredo e Clovis Bornay campeões do Baile do Copacabana Palace em 1963

As irmãs cariocas Denise e Carmen Lúcia Rocha de Almeida (Foto: Divulgação)

Recordar é Viver

Ilka Soares, que faleceu sábado, brilhou no cinema e nas passarelas (Fotos: Divulgação)

A inesquecível Bibi Ferreira foi uma atriz completa (Foto: Divulgação)

Mário Américo fazendo massagem em Zizinho, devido uma grande contusão, sendo observado pelos jogadores Juvenal e Ademir Menezes e o técnico Otto Gloria (Foto: Tadeu Miracema)

Miss Brasil, Vera Couto e a Miss Internacional de 1964, Gemma Teresa Guerrero Cruz, em Los Angeles (Capa da Revista Manchete)

A colunista social Nelbe Chateaubriand em Nova York nos anos 90 (Foto: Acervo de NC)

Recordar é Viver

Miss Brasil e a segunda mulher mais bonita do Universo de 1957: Therezinha Morango (Foto: Capa da Revista Manchete)

As senhoras Marlene Konrad e Ângela de Lucas Simon (Foto: Fernando Machado)

O comandante Saulo Gonçalves Lins e a artista plástica Diana Piereck (Foto: Face)

Os jornalistas Tercio Amaral, Marisa Gibson, Jaqueline Andrade e Julia Schiaffarino (Foto: Instagram)

Os jogadores Fernando Santana e Caio Cambalhota, com o Cônego Antonio Alves, juiz Sebastião Rufino e o radialista Geraldo Freire, na inauguração do Arruda, 1972. (Foto: Acervo de Lenivaldo Aragão)