Fernando Machado

Blog

Categoria Política

Tragédia no Aeroporto dos Guararapes

Era 8h45 de segunda-feira, do dia 25 de julho de 1966. Uma pequena mala preta repousava ao lado das cabines telefônicas no antigo Aeroporto Internacional dos Guararapes. Sempre cumpridor do dever, o policial civil Sebastião Thomaz de Aquino, o ex-jogador de futebol Paraíba, teve a iniciativa de leva-la para a sala de administração. Ele pensava que algum passageiro tinha esquecido, mas quando ele levantou a valise aconteceu à explosão.

O vice-almirante Nelson Gomes Fernandes (Foto: Revista Manchete)

Os minutos que se seguiram foram de pânico e terror. Paralelamente foram jogadas bombas na sede da União dos Estudantes de Pernambuco e na USAID. Essa foi o quarto atentado no Recife. O primeiro foi no dia 31 de março de 1966, quando duas bombas explodiram na sede do SNI e na residência do comandante do IV Exercito, general Damasceno Portugal. O terceiro aconteceu, em 30 de maio, quando três bombas foram explodidas na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

O jornalista Edson Régis (Foto: Revista Manchete)

Em meio a fumaça espessa e gritos de dor, logo se teve uma noção exata das proporções do atentando terrorista. Morreram o Vice-Almirante Nelson Gomes Fernandes e o Secretario de Administração do Estado, jornalista Edson Régis, além de 14 feridos como o policial civil Paraíba, que teve uma perna amputada, o ex-secretário de Segurança Publica e coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva, que perdeu quadro dedos da mão esquerda. Mais de 300 pessoas estavam no Aeroporto esperando o marechal Costa e Silva, que vinha de João Pessoa.

O ex-jogador do Santa Cruz, Paraíba (Foto: Revista Manchete)

Contudo um defeito mecânico no avião fez com que o Marechal desistisse da viagem aérea, tendo feito de automóvel. O marechal ao ser avisado ao chegar ao Recife seguiu para o hospital, onde haviam sido recolhidos os feridos e depois à residência dos mortos no atentado. De acordo as informações, o ato foi realizado pelo Grupo de Esquerda Ação Popular . O governador de Pernambuco era Paulo Pessoa Guerra e o presidente da Republica, Castelo Branco.

O coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva (Foto: Revista Manchete)

Porta Retratos

Mister Universo Turismo do Paquistão, Mazan Saeed Shareef (Foto: Concurso)

Miss Iowa Baylee Drezek e Miss Kansas Alyssa Klinzing na passarela do Miss Estados Unidos de 2019 (Fotos: Concurso)

O Procurador do Impeachment, Julio Marcelo e seu colega pernambucano Cristiano Pimentel, na posse do MPCO (Foto: Instagram)

A diplomata norte-americana Usha Pitts e seu marido, Paulo Nickin, em Taiwan, na China (Foto: Instagram)

Nos bastidores da Política

“Para incredibilidade geral parei de beber. Parar de beber foi pior do que deixar de transar”. Foi neste clima descontraído que o cartunista Jaguar conversou com o prefeito Carlos Eduardo Silva, ontem pela manhã, no Palácio Felipe Camarão. Jaguar está na capital potiguar para uma exposição de seus trabalhos e bate-papo com o público na hoje, na Galeria Newton Navarro, abrigada na Funcarte, às 19h. A entrada é franca. Na ocasião, o prefeito convidou o cartunista para participar do Festival Literário de Natal, em dezembro.

Jaguar e Carlos Eduardo e os assessores ouvem (Foto: Alex Régis)

A prefeita de Roma, Virginia Raggi, e o presidente da Telecom Italia e da Fondazione TIM, Giuseppe Recchi, informaram que o mausoléu do primeiro Imperador Augusto, considerado uma obra prima da arquitetura, será reaberto em abril de 2019. Sua restauração custou 6 milhões de euros e foi iniciada no dia 31 de março. O mausoléu que estava esquecido há 70 anos, contará com tecnologias 3D, jogos de luz, músicas e outros atrativos da modernidade.

Nos bastidores da Política

Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, está com outra missão corajosa. Está escrevendo suas memórias. Foi ele quem delator o Mensalão e deixou o brasileiro ciente das roubaleiras do PT e de muito políticos. E pode muito nisso. Este livro que deve ser lançado ainda este ano deverá best-seller.

Os brasileiros devem muito ao Roberto Jefferson (Foto: Folhapress)

O governador do Ceará, Camilo Santana, participa, hoje pela manhã, de reunião de monitoramento realizada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social no âmbito do programa Em Defesa da Vida. Na ocasião, ele divulgará os dados consolidados referentes aos Crimes Violentos Letais e Intencionais no Ceará de 2016.

  • 1 2