Fernando Machado

Blog

Categoria Na Sala da Justiça

Gustavo Freire: Lança livro na OAB-PE

Dos mais prestigiados o lançamento do livro de Gustavo Henrique Brito Alves Freire, quarta-feira, durante as comemorações dos 90 anos da Secional/PE e os 92 anos da OAB Nacional. O Livro de Comentários, Notas e Apontamentos à Lei Federal 8.906 de 04/07/1994, é o resultado de um minucioso trabalho do consultor da Presidência do Conselho Federal da OAB, Conselheiro Seccional da OAB/PE e Secretário – Geral do Tribunal de Ética e Disciplina, Advogado Gustavo Freire.

O presidente da OAB/PE, Fernando Ribeiro e Gustavo Freire (Foto: Divulgação)

Marta Freire com o filho Gustavo e ante Sofia (Foto: Divulgação)

Segundo o autor, a obra é basicamente uma imersão na Lei que rege e governa a advocacia, profissão que hoje congrega mais de 1.300.000 mulheres e homens no País. “Existe pouca literatura sobre o Estatuto, que é uma Lei Federal de 1994, próxima de completar bodas de pérola (30 anos). O meu objetivo foi contribuir para densificar essa literatura que a aproxime da classe, do estudante de Direito, dos operadores jurídicos e da própria sociedade, frisou o advogado Gustavo Henrique.

Ana Cláudia Brandão: Nova imortal da APLJ

Desembargador Eurico de Barros Correia Filho e a juíza Edina, com a filha Ana Claudia e os netos Luciano e Maria Fernanda (Foto: Armando Artoni)

A Sala do Pleno foi projetada pela Lambirsch-Hrth do Rio de Janeiro. Do teto caia um lustre de madeira, metal, e vidro, datado da primeira metade do século XX. A base circular, sustentada por quatro correntes, presas ao teto num único ponto. Atrás do trono repousa uma tela de Henrique Moser mostrando uma figura feminina de frente e de pé. Ajoelhado sobre o primeiro degrau está um homem desnudo com punhos acorrentados pelas costas e preso a uma bola de ferro.

Luiz Andrade de Oliveira, Ana Cláudia Brandão e Fernando Araujo (Foto: Armando Artoni)

Pois foi nesse cenário belo e histórico, batizado de Salão desembargador Antônio de Brito Alves, que aconteceu, segunda-feira, à noite, a posse da juíza Ana Claudia Brandão de Barros Correia, na cadeira 49, que pertenceu desembargadora e acadêmica Helena Caula Reis, da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas. O cerimonial foi conduzido por Silas da Costa e Silva. A solenidade foi comandada pelo presidente da APLJ, Luiz Andrade de Oliveira.

Nalva Cristina, Célia Gomes e Selma Barreto (Foto: Armando Artoni)

A nova imortal foi conduzida à mesa principal pela acadêmica Nelma Maciel. Primeiro tivemos a execução do Hino Nacional e um mini show com o cantor e compositor Getulio Cavalcanti. No set list Madeira que Cupim Não Roi, de Capiba, Olinda no Meu Coração, 100 anos de Frevo e Último Regresso, compostas por Getúlio. Muito bonito e cheio de lirismo com sabor de gratidão foi o discurso da nova acadêmica, que estava muito bem num modelo preto, bordado de paetês by Isabel Cavalcanti.

Ana Claudia Brandão Barros Correia (Foto: Fernando Machado)

Coube ao presidente da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas, Luiz Andrade de Oliveira colocar o colar acadêmico no pescoço de Ana Claudia Brandão de Barros Correia e o secretario da Academia, Fernando Araújo entregar o diploma referente à imortalidade. A cerimônia encerrou com a execução do Hino de Pernambuco. O Pleno estava lotado.

Felisberto Santos Pereira é homenageado no TJPE

O Tribunal de Justiça de Pernambuco prestou homenagem ao desembargador Felisberto Santos Pereira, presidentes entre 1931 e 1939, com a aposição do retrato do magistrado na Sala de Sessões do Conselho da Magistratura no terceiro andar do Palácio da Justiça do Judiciário pernambucano, na Praça da República. O ambiente tem o nome do desembargador desde que foi criado.

O desembargador Felisberto Santos Pereira (Foto: Acervo da Família)

A sugestão da aposição foi feita pelo decano, desembargador Jones Figueirêdo. A cerimônia foi comandada pelo presidente do Tribunal, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo. Falaram pela família, o bisneto advogado Gustavo Henrique de Brito Alves Freire, a neta defensora pública Marta de Brito Alves Freire, e inalmente o outro bisneto advogado Eduardo José dos Santos Pereira de Hollanda Cavalcanti.

O advogado Gustavo Henrique quando discursava (Foto: Assis Lima/TJPE)

O evento foi prestigiado pelos desembargadores integrantes do Conselho e por membros da família do magistrado, a neta e defensora pública Marta de Brito Alves Freire e os bisnetos Gustavo Henrique de Brito Alves Freire, Eduardo José dos Santos Pereira de Hollanda Cavalcanti, Maria Eduarda Montezuma.

Na Sala da Justiça

O Tribunal de Justiça de Pernambuco, não descuida da sua história e resgata a memória do ex-presidente da Instituição que muito honrou a Magistratura pernambucana, Felisberto Santos Pereira. A aposição do seu Retrato na Sala de Sessões do Conselho da Magistratura acontece hoje, às 9h, no Palácio da Justiça. O convite é do presidente do TJPE, Desembargador Luiz Carlos de Barros Figueiredo. O Desembargador Felisberto, é avô materno da Defensora Pública, Marta de Brito Alves Freire.

O desembargador Felisberto Santos Pereira (Foto: Acervo da Família)

A Operação Guardiões do Bioma começou a retirada de mais de 100 toras de madeira apreendidas de desmatamento ilegal, em Castelo dos Sonhos, Altamira (PA). A carga apreendida no âmbito da operação coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública será doada para Guarantã do Norte, no Mato Grosso, para a realização de obras de acesso às áreas rurais na região, como na construção de pontes. A carga foi encontrada no meio da floresta e a suspeita é de que os criminosos fugiram ao saber da fiscalização. Informa o Ministro Anderson Torres.