Fernando Machado

Blog

Categoria Moda

Chegaram os tênis Sneaker Heaven

Pedro Elias e Tico Volpato (Foto: Nicolas Calligaro)

Foi bastante concorrido o lançamento, quarta-feira, da nova instalação Sneaker Heaven, na 365 Pop Up, no Shopping Iguatemi de São Paulo. Ao som da DJ e atriz Pathy Dejesus + Aisha Mbikila & Yaminah Mello. A nova instalação é uma criação desenvolvida pelo artista Tico Volpato, conhecido por criar peças com dobraduras de papel craft e todos os materiais seguem o caminho Carbon Free.

Bruna Lucchesi (Foto: Nicolas Calligaro)

Com um design pensado exclusivamente para o 365, a parceria como artista tem como objetivo reforçar a curadoria de sneakers e streetwear de uma forma única, tendo total sinergia com a campanha Streetwear Season, já disponível no site com sneakers desejos das marcas Burberry, Balenciaga, Golden Goose, Dolce & Gabbana, Vert, Converse, Cariuma, entre outros.

Matheus Verdelho (Foto: Nicolas Calligaro)

Patricia Bonaldi & New York Fashion Week

Patricia Bonaldi no encerramento do desfile (Foto: Darian DiCianno)

A PatBO, marca da estilista Patricia Bonaldi, apresentou sua coleção de Fall Winter 2022 na New York Fashion Week e honrando as origens da marca por meio do trabalho manual. O desfile, que aconteceu sábado, no The Atrium – Surrogate’s Court, foi uma celebração do fazer à mão e resgatou a fundação da marca por meio do uso e preservação de bordados e ornamentos, trabalho pelo qual a estilista é conhecida. Marcando presença pela segunda vez presencialmente, Patricia Bonaldi é a primeira brasileira a estar no calendário do Council Of Fashion Designers of America, reforçando, assim, o seu processo de internacionalização.

Dois looks da coleção (Fotos: Matteo Prandini)

Em uma coleção que mistura a extrema feminilidade do trabalho da marca, traduzida na riqueza de materiais vistos em ornamentos e bordados feitos à mão por bordadeiras formadas pela escola de bordadeiras criada pela Patricia Bonaldi em Minas Gerais, sua terra natal, com uma alfaiataria bem construída e moderna, é possível captar o amadurecimento da marca nesta temporada. Com uma cartela de tons sóbrios, como branco, bege, preto, cinza, roxo e verde escuro, a coleção chega com estampas exclusivas e aplicações de broches em casacos e parkas acolchoados, deixando as peças ainda mais contemporâneas e prontas para saírem às ruas.

Mais looks bonitos (Foto: Matteo Prandini)

A coleção marca, ainda, a entrada da estilista no calendário oficial da New York Fashion Week, organizado pelo CFDA. Convidada após seu primeiro desfile presencial na cidade, PatBO se junta a marcas como Tom Ford, Marchesa, Michael Kors, Carolina Herrera e Vivienne Westwood. Procurando reforçar seu pilar de responsabilidade social, em uma parceria com a Matizes Dumont, grupo de artistas plásticas que utilizam o bordado como forma de expressão artística, de Minas Gerais, a PatBO doará parte das vendas da sua coleção, realizadas por meio de seu e-commerce internacional, para o coletivo.

As gordinha também tiveram espaço no desfile (Foto: Matteo Prandini)

A marca, que já vem ocupando território internacional há duas edições da NYFW, com sua estreia presencial na temporada passada, iniciou o pre order da coleção no e-commerce nacional e internacional da PatBO desde segunda-feira. As peças estarão à venda na loja do Soho a partir de agosto de 2022.

Esse look está fantástico e o detalhe também (Fotos: Matteo Prandini)

Um nome que a história guardou: Louis Féraud

Há 22 anos, morria o estilista francês Louis Féraud, que nasceu no dia 13 de fevereiro de 1921. Em 1950, Louis Féraud criou sua primeira Maison de Couture em Cannes e em 1955 já estabelecida uma casa de alta costura em Paris em 88, Rue du Faubourg Saint Honoré e 57, rue Pierre-Charron. A partir de década de 1950, ele vestiu a elite parisiense e desenhou o guarda-roupa de Brigitte Bardot para muitos de seus filmes. No entanto, só em 1958 ele apresentou sua primeira coleção de alta costura em Paris. No início dos anos 1960, Louis Féraud contratou os designers Jean-Louis ScherrerMargit Brandt e Per Spook. Ferraud casou duas vezes. A primeira com Mia Fonssagrives (de 1964 a 1972), e a segunda com Zizi Féraud (de 1947 a 1963).

O estilista Louis Féraud em 1970 (Foto: Getty Images)

Em 1970, ele assinou um contrato com a Fink (Alemanha) para uma coleção feminina prêt-à-porter. O ano de 1978 foi excelente para Féraud: ele ganhou o Prêmio Dedal de Ouro pela coleção de Alta Costura Primavera/Verão 1978. Ele continuou a reivindicar este prêmio novamente em 1984. Somando-se a sua coleção crescente de honras, Louis Féraud foi eleito Príncipe de l’Art de Vivre em 1991. Em 1995 foi condecorado Officier de la Légion d’honneur, pelo presidente francês. Sua filha Kiki assinou sua primeira coleção de Alta Costura com Féraud em 1996. Um designer chefe de Alta Costura ao longo dos anos 70, 80 e 90 continuou sendo uma designer islandesa Helga Bjornsson, conhecida por seu estilo teatral e inovador.

Brigitte Bardot by Louis Féraud (Foto: Getty Images)

Em setembro de 1999, o grupo holandês Secon adquiriu a Féraud. Ele morreu em 28 de dezembro de 1999, aos 79 anos, após uma longa e severa batalha contra o Alzheimer. O ano de 2000 viu Yvan Mispelaere ingressar no grupo como diretor artístico e em julho assistiu ao seu primeiro desfile de alta costura no Musée des Monuments Français em Paris. Em 2002, o Grupo Alemão ESCADA assumiu 90% das ações da Féraud e Yvan Mispelaere deixou a empresa. Mais tarde naquele ano, um Féraud decidiu concentrar suas atividades no pronto-a-vestir feminino e licenças, com Jean-Paul Knott selecionado como Diretor de Criação para o mercado de pronto-a-vestir de luxo. Em 2003, Jean-Paul Knott deixou Féraud e aquele mês de julho a loja principal mundial foi inaugurada em Paris, na rue Saint-Honoré, 400.

Linha feminina aterrissa na Torinno

Qual dos dois looks você gostaria de usar (Foto: FotoSite)

Criada em 2017 pelo stylist e diretor criativo Luis Fiod, a Torinno estreou na São Paulo Fashion Week em 2018 dentro da lista de marcas de moda masculina do evento. Nesta temporada, a grife agrega ao masculino o lançamento de sua primeira linha feminina em coleção inspirada no verão de grandes metrópoles à beira-mar, num misto do calor extravagante de Dubai com o lifestyle cool effortless de Los Angeles. A coleção masculina está maravilhosa e muito descontraída.

Lindos dois looks para jovens descontraídas (Foto: FotoSite)

Com a chegada da coleção feminina, a Torinno amplia suas possibilidades de criação e de consumidores, incorporando peças do guarda-roupa feminino ao estilo easy chic da marca, mesclando o rigor no acabamento e a atenção aos detalhes vindos do high fashion, com o frescor casual típico da pegada esportiva. Os tecidos usados nesta estação são um bom exemplo deste mix. O náilon, a malha, o algodão e o jeans dividem espaço com materiais nobres como o tricô, o couro, a seda.

O look vermelho e o branco causaram sensação (Foto: FotoSite)