Fernando Machado

Blog

Categoria Corpo Consular

Parabéns, Rodrigo Carneiro Leão!

O cônsul geral do Japão, Hiroki Sano e a consulesa Yoshie Sano com o cônsul do Uruguai Rodrigo Carneiro Leão (Foto: Fernando Machado)

Rodrigo Carneiro Leão, ao lado do pai, André e da mãe Tânia movimentaram sábado, um almoço em petit comité, em torno dos 20 anos do Consulado Honorário do Uruguai. O local é um palacete estilo colonial datada de 1875, fincado em Olinda. O seu projeto é do engenheiro francês Louis Léger Vauthier, o mesmo que projetou o Teatro de Santa Isabel. O palacete é cercado por uma centenária aroeira, mangueiras, oliveiras roxas, goiabeiras e figueiras.

Demazinho Gomes e Tânia Carneiro Leão (Foto: Fernando Machado)

No seu interior outro esplendor. Nas paredes santos barrocos, cusquenhos, Lula Cardoso Ayres, Zé Claudio, Farnese de Andrade, gravuras de Franz Post e quadros da própria dona da casa que é uma excelente artista plástica. Na sala de visitas cadeiras Dom José, sofá Beranger. Já curtiram este cenário Maria José de Savoia (Rainha da Itália), Isabel de Orleans e Bragança (Condessa de Paris), Jorge Amado, Capiba, Zé Keti, Jorge Amado, Zelia Gattai, Gilberto Freyre, José Condé, Elis Regina, e um biombo coromanbel chinês incrstrado de marfim, lycra e pedras semi-preciosas.

Heloisa Steiger e Gilberto Fraga Rocha (Foto: Fernando Machado)

Um grupo ficou no caramanchão coberto de bouganvilles rosa choque, com os olhos se enchendo de bom gosto, os ouvidos atentos ao bom papo e a boca se fartando de gosto bom. Pudemos degustar coxinhas de galinhas e pasteis tudo regado a vinhos uruguaios, tinto e branco, da Vinícola Montes Toscanini. O almoço foi servido louças uruguaias e o cardápio de a gente comer rezando para Jesus Cristo Salvador do Mundo.

José Antonio Hawatt e Ana Paula (Foto: Fernando Machado)

Nossos olhos deslizavam sobre um bacalhau na nata, uma salada de camarão e lagosta, um rosbife (a carne é uruguaia) com filhoses de batata ao molho de gorgonzola. E como sobremesa torta de chocolate, doce de jambo do Pará, colhidos no quintal do palacete, torta de limão coberto de limoncello, sorvete e pudim de leite. Existe coisa mais chique do que comida caseira?

Dodora Moraes, Roberto Figueiredo, André Carneiro Leão e Lucia Figueiredo (Foto: Fernando Machado)

Presentes o cônsul geral do Japão Hiroki Sano e a consulesa Yoshie, o medico Gilberto Fraga Rocha com Heloisa Steiger, o arquiteto José Antônio Hawatt com Ana Paula, Ana Luiza e Bento Figueiredo, Lucia Figueiredo e Edvaldo Neves Baptista, Márcia e Mauricio Galvão, Dodora Moraes, Suzana Arruda, Roberta Bivar Campos, Roberto Figueiredo, Demazinho Gomes, Sergio Carneiro Leão.

Suzana Arruda, Márcia Galvão e Roberta Bivar Campos (Foto: Fernando Machado)

Informação importante: O imóvel foi Jóquei Clube, pertenceu ao escritor Silva Jardim, que em 1928 caiu na cratera do Vesúvio, em Nápoles, na Itália e foi adquirido pelo pai de TâniaEufrásio Barbosa, que depois foi prefeito da Cidade. As recepções na casa de Tânia e André deixa a gente com aquele gostinho de quero mais.

Demazinho Gomes, Dodora Moraes, André Carneiro Leão e Lúcia Figueiredo (Foto: Fernando Machado)

O XXIII Festival do Japão

Os animadores no palco (Foto: Cássio Shimono)

A Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil comunica que o XXIII Festival do Japão, previsto para este mês, foi adiado pela segunda vez, para os dias 15, 16 e 17 de julho de 2022, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center. Para esta edição foi formada uma nova equipe na Comissão Executiva, com destaque para Alfredo Ohmachi, Neuza Shirata Isso e Roberto Sadao Yoshihiro, diretores que assumiram cargos na nova gestão da Kenren, em abril de 2020. Informações no @festivaldojapao, www.festivaldojapao.com, secretaria@festivaldojapao.com.

A dançarinas japonesas (Foto: Keiny Andrade)

“A diretoria da Federação decidiu priorizar o bem-estar coletivo, a nossa responsabilidade e a saúde dos nossos visitantes, patrocinadores, voluntários e colaboradores e tivemos a colaboração e o apoio fundamental do São Paulo Expo nessa decisão. Todas as ações que estavam em andamento para a realização do FJ 2021 foram paralisadas e estamos iniciando o planejamento e as ações para o FJ 2022, com um sentimento de esperança, mas sempre atuando de forma realista, comprometida e responsável”, resume o presidente da Federação, Toshio Ichikawa.

O sushi não pode faltar no festival (Foto: Keiny Andrade)

EUA comemora o Orgulho LGBT+

O Orgulho LGBT+ é tem como conceito, segundo essa tribo, é uma ação para que todos terem orgulho de ser catalogado como membro desse exército, que já foi minoria. O moderno movimento de orgulho gay começou após a Rebelião de Stonewall em 1969, quando homossexuais em bares locais enfrentaram a polícia de Nova York durante uma rusga inconstitucional. Apesar de ter sido uma situação violenta, deu à comunidade até então underground o primeiro sentido de orgulho comum num incidente que virou manchete.

Brittaney Orange, Jessica Simon e Jeffrey Lodermeier (Foto: Fernando Machado)

O movimento do Orgulho LGBT tem três premissas principais: que as pessoas devem ter orgulho da sua orientação sexual e identidade de género; que a diversidade é uma dádiva; e que a orientação sexual e a identidade de género são inerentes ao indivíduo e não podem ser intencionalmente alteradas. Os símbolos do orgulho LGBT+ incluem a bandeira arco-íris, transgénero, bissexual, a letra grega lambda e o triângulo rosa, assim como, entre outros, os triângulos pretos, reclamados do seu antigo uso.

Atente para a beleza da máscara de cônsul geral Jessica Simon (Foto: Fernando Machado)

E para comemorar a data, ontem, pela manhã, o Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife, leia-se a cônsul geral é Jessica Simon, realizou um evento muito bonito e enxuto, com o hasteamento da Bandeira LGBTQIA+, no Dia Internacional do Orgulho LGBT. A reunião aconteceu nos jardins do palacete do Consulado. São Pedro mostrou que também em respeito ao Movimento presenteou com um dia de muito sol e de muito calor.

Robeyoncé Lima, Jessica Simon, Maria do Céu Vasconcelos e Jeffrey Lordemeier (Foto: Fernando Machado)

A diplomata norte-americana, Jéssica Simon, que não conhecia pessoalmente, é muito simpática, fez um discurso irrepreensível. Falou do objetivo do presidente Joe Biden em relação ao Movimento. Na sequencia tivemos a cerimônia de hasteamento da Bandeira LGBTQIA+. Ela recebia os poucos convidados ao lado do Cônsul de Diplomacia Pública, Jeffrey Lodermeier e pela vice-cônsul Brittany Orange. A assessora de imprensa, Joanna Ferreira, outro destaque na manhã colorida.

Manoela Alves, Irene Freire, Gi Carvalho, Robeyoncé Lima, Acioli Neto, Poliny Aguiar, Maria do Céu Vasconcelos e Jessica Simon (Foto: Fernando Machado)

Participaram do encontro Manoela Alves (Presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB), Acioli Neto (Coordenador do Instituto Boa Vista), Robeyoncé Lima (Primeira deputada transgênero de Pernambuco), Gi Carvalho (fundadora da ONG Mães pela Diversidade), Juan Guiã (Diretor de Artes do Instituto Transviver), Maria do Céu Vasconcelos (Coordenadora da Aliança Nacional LGBT de Pernambuco), Irene Freire (Coordenadora do Centro Municipal de Cidadania LGBT) e Poliny Aguiar (Coordenadora da Política LGBT de Pernambuco).

Programa Jovens Embaixadores de 2021

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou, ontem, o resultado do processo seletivo do Programa Jovens Embaixadores 2021. A seleção contou com 10.119 inscrições concorrendo para apenas 33 vagas. O resultado inclui nomes de jovens de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal. Em mais um ano atípico e apesar de todos os esforços, o programa não poderá ser realizado em formato presencial nos Estados Unidos. Em decorrência da pandemia da Covid-19 que assolou o mundo, o Jovens Embaixadores de 2021 foi convertido para o formato on-line.

Gabriel dos Santos, Karolyna Ramos e Maria Clara de Almeida (Foto: Programa)

O programa acontecerá entre os dias 14 de junho e 13 de agosto deste ano, com Jovens Embaixadores, brasileiros e norte-americanos, se juntando para participar de atividades e oficinas sobre liderança, cultura e comunicação, cidadania digital, mudança social em sua comunidade, etc. Três pernambucanos foram selecionados: Gabriel Expedito Gonçalves dos Santos de Itapetim, Karolyna de Oliveira Ramos de Jaboatão dos Guararapes e Maria Clara Manso de Almeida de Camaragibe.