Fernando Machado

Blog

Casa dos Frios & Cestas Natalinas

Para quem não sabe foi o empresário Licinio Dias, com sua Casa dos Frios, o pioneiro na comercialização de Cestas de Natal no Recife. E isso aconteceu na década de 70. Outro dado importante: Foi a Casa dos Frios quem primeiro comercializou na terra do frevo e do maracatu, o bolo de rolo. Essa peça importante da gastronomia pernambucana já era famosa nos chás das grã finas do Recife.

a-fernanda-dias

Fernanda Dias diante de sua bela mesa (Foto: Fernando Machado)

Pois bem, ontem à noite a viúva de Licinio Dias, Fernanda Dias, ao lado da filha Carol e das netas Amanda e Mirella, reuniu um grupo de nossa imprensa para uma ceia natalina, onde a pièce de résistance, foi a Cesta de Natal. Tudo aconteceu na Casa dos Frios, da Ruy Barbosa. Um arruado de casas datadas do século 18, que pertenceu ao negociante sergipano radicado no Recife, João Pinheiro de Mendonça.

a-mirella-amanda-dias

Mirella e Amanda Dias (Foto: Fernando Machado)

Surpresa, expectativa, atenção, deferência, gratidão, carinho, afeto. Todos esses sentimentos estão envolvidos na relação de quem presenteia e ou é presenteado com uma Cesta de Natal. A Casa dos Frios trabalha há mais de meio século paa trazer cada vez mais encanto à essa troca, ligando os pontos que vão desde a escolha esmerada dos melhores produtos, passando pela apresentação  impecável.

a-carol-fernanda-dias-bruno-albertim

Carol e Fernanda Dias à côté Bruno Albertim (Foto: Fernando Machado)

Para 2013, a Casa dos Frios decidiu inserir ainda mais do seu DNA nas cestas e baús natalinos: agora o famoso bolo de rolo também integra o mix dos produtos. Para garantir seu alto grau de qualidade, os clientes receberão dentro de cada uma cesta um cupom que poderá ser trocado nas duas lojas (Boa Viagem e Graças), por um bolo de rolo fresquinho, no sabor escolhido pelo cliente, dentre as opções de goiaba, doce deleite e chocolate.

a-luisa-siqueira-carol-dias-anneliese-pires

Lais Siqueira, Carol Dias e Anneliese Pires (Foto: Fernando Machado)

As cestas mais baratas, contemplam 6 ou 7 itens, incluindo sempre bons vinhos, com valores entre 80 a 150 reais e as mais caras, com 101 produtos vão até R 12.900,00. Outra grande surpresa é o lançamento da Cesta Orgânica, desde o vinho, passando pelo azeite alcançando o chocolate. Quem sabe a Casa dos Frios não lancem uma cesta para diabéticos.

a-cestas

As cestas natalinas da Casa dos Frios foram pioneiras no Recife (Foto: Fernando Machado)

Nesta noite especial, a imprensa pode degustar um bufê de a gente comer de joelhos. No cardápio lombo de porco recheado com ameixa, farofa com miúdo de peru, cuscuz marroquino, arroz à grega, Peru à Califórnia, tender, filé mignon à madeira e bacalhau com natas. A mesa de doces estava uma loucura. E para vocês ficaram com água na boca, lembramos pasteis de festa, cheesecake de damasco, bolo de frutas, torta de nozes, toucinho do céu, prato tipicamente português, pastel de Belém, frutas cristalizadas e brigadeiros, uvas recheadas e damascos. No final ficou aquele gostinho de quero mais.

a-mesas

Muito bonitas as decorações natalinas das mesas (Foto: Fernando Machado)

Nota importante: A Casa dos Frios existia desde 1949, na Rua da Palma, e pertencia Hans e Aurea Krause. Em 1957 os irmãos Bernadino, Amadeu, Luiz, Licínio, Antonio e Armênio Dias compraram o ponto. Nos anos 70 a Casa dos Frios se mudou para a Rui Barbosa. E foi com visita do Papa João Paulo II, que ela deslanchou. Pois coube a dona Fernanda Dias cuidar do café da manhã e do lanche do Santo Padre.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.