Fernando Machado

Blog

Casa de Retiros da Sagrada Família (Final)

Na manhã do último dia do retiro, os rouxinóis não apresentaram seu concerto costumeiro na Casa de Retiros da Sagrada Familia. Senti falta da revoada dos pássaros e somente na hora de partir para a Rua do Lixo é que os rouxinóis deram um vôo rasante sobre nós. Não sei se vieram se despedir ou agradecer ao notável retiro do Padre Airton Freire. Às 7h, as ovelhas estavam apostos na Igreja da Sagrada Família para a recitação do Terço de Nossa Senhora. Depois em procissão todos seguiram para o refeitório para o último café da manhã da temporada.

re-padre-airton-joelhos
Padre Airton durante a comunhão ajoelhado diante do altar (Foto: Fernando Machado)

O refeitório já não apresentava grande número de pessoas. Alguns partiram no sábado depois de um mergulho nas orações. Não sabem o que perderam. A partir dali, cada um tomou sua condução e rumou para Rua do Lixo, em Arcoverde. Esta rua mudou o destino de muita gente que vivia do lixão. Padre Airton ao visitar o local ficou desesperado com o que viu. E ai com a ajuda de Deus criou a Fundação Terra. E hoje administra um magnífico complexo de grande alcance social.

re-michelle-borrione-padre-airton-freire-jo-mazzarolo
Michelle Borrione, Padre Airton e Jô Mazzarolo (Foto: Fernando Machado)

Ele assiste crianças prostituídas muitas vezes pelos próprios pais. Cuida de pessoas que vivem pelas ruas de Pesqueira. Mantém uma escola para crianças carentes e um asilo de idosos. São 800 pessoas com direito a café da manhã, almoço, ceia e o mais importante o espirito. Não esquecer o cuidado com a saúde deles. Apesar de tudo isso muitos insistem em esmolar, coisa que Padre Airton não aceita.

re-renata-alexandre-colaferri
Renata e Alexandre Colaferri depois da missa (Foto: Fernando Machado)

Na sede da Fundação está encravada uma imensa igreja, onde aconteceu a missa recheada de fé, esperança e caridade, presidida pelo Padre Airton Freire. A comentarista foi Celi Lins, a primeira leitura coube a Sau Souza, o salmo foi de Jô Mazzarolo, a segunda leitura foi de Aldirene Monteiro. O ministério musical foi com a banda Servus. A homilia de Padre Airton foi tocante, como aqueles que têm intimidade com os céus. Por 15 minutos falou em português, inglês, alemão e francês.

re-mercia-barros-flavia-motta
Mércia Barros e Flávia Mota

É que na Fundação Terra tem voluntários alemães, franceses e norte-americanos. Eles devem ter adorado essa homenagem. No final da cerimônia surge pela nave central um grupo de crianças, felizes e fagueiras, entoando “Mãezinha do céu, eu não sei rezar /Eu só sei dizer quero te amar / Azul é seu manto, branco é seu véu / Mãezinha eu quero te ver lá no céu” em ritmo de valsa e depois em ritmo de frevo. Ai as ovelhas, visivelmente emocionados, deixam a Igreja com destino às suas casas.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.