Fernando Machado

Blog

Carlos Augusto + Alceu + José Claudio = Municipal

c-yane-montenegro-juliano-valenca-carlos-augusto-lira
Yanê Montenegro, Juliano Valença e Carlos Augusto Lira (Fotos: Fernando Machado)

A atmosfera era de afro e descendente, da trilha sonora ao cardápio. Tudo nos remetia a Mama África. Estamos nos referindo ao tradicional encontro que o arquiteto Carlos Augusto Lira movimentou ontem à noite na sua belíssima residência de Apipucos, em torno dos homenageados do carnaval: José Claudio e Alceu Valença, que estava em São Paulo e foi representado pela mulher Yanê Montenegro e o filho gato Juliano Valença.

c-marilia-bezerra-renata-campos
Marilia Bezerra e Renata Campos

O bairro de Apipucos que foi Engenho São Pantaleão do Monteiro e que em 1577 sofreu uma divisão quando então surgiu o Engenho Apipucos, cujo proprietário era o colono Leonardo Pereira. Depois ele vendeu para Dona Jerônima de Almeida e que depois vendeu, isso em 1630, para Gaspar de Mendonça.

c-andre-campos-antonio-carlos-valadares-eduardo-campos-jcpm
André Campos, Pedro Valadares, Eduardo Campos e João Carlos Paes Mendonça

Com a invasão holandesa as terras foram completamente destruídas. Em 1645, a capela foi saqueada, e suas imagens quebradas. A povoação também sofreu com a ação dos invasores e a grande felizarda foi Dona Anna Paes, pois seu engenho em Casa Forte faturou do gado aos escravos. Na guerra da Restauração o engenho de Apipucos ficou abandonado.

c-augusto-rodrigues-tinane-almeida
Augusto Rodrigues e Tinane Almeida

A partir do século 19, com a especulação imobiliária surgiram sítios e chácaras onde os moradores do Recife curtiam o verão. Banhado pelo Rio Capibaribe a região era recomendada para banhos medicinais. Até o empreendedor Delmiro Gouveia possuía um casarão, chamado Vila Anunciada onde funciona atualmente o a Fundação Joaquim Nabuco. Também moraram por lá, entre outros, o pintor Murilo La Greca, o historiador Alfredo Carvalho, o jornalista Assis Chateaubriand e o mestre Gilberto Freyre.

c-auxiliadora-paes-mendonca-geralda-farias
Auxiliadora Paes Mendonça e Geralda Farias

A atual casa (ou seria uma museu?) naquela época que tinha como moradores os colonos atualmente é uma maravilha. São quatro pavimentos de puro luxo com gostinho português. Os convidados puderam admirar as várias coleções, desde a arte popular até a erudita. Telas de Anita Malfadi, Tarsila do Amaral, Reynaldo Fonseca, Samico, Baltazar da Câmara e do próprio José Claudio testemunharam o movimento dos convidados.

c-joao-dacosta-marilia-bezerra-simone-figueiredo
João da Costa, Marilia Bezerra e Simone Figueiredo

A decoração à estilo africano estava sensacional. Destaque-se um arranjo de papiro e dracena, repousando num centro da sala de visitas e que foi o próprio Carlos Augusto, numa camisa colorida bem africana, que assinou a obra. Um deus de ébano, lindo, Leandro Ribeiro, vestido à caráter recebia os convidados. E nos jardins os gêmeos Demirson e Danilo dos Santos nos atabaques fizeram o fundo musical.

c-layette-madeline-lamartine
Layette e Madeline Lamartine

A mesa principal estava linda com cocadas, bolo de grude presente de Geralda Farias, bom bocados e beijus. O bufê foi assinado pela chef Carmen Virginia, especializada em cozinha africana. Ela estava em São Paulo participando de um evento e veio especialmente para cuidar do cardápio.

c-mane-tatu-jose-claudio-joao-carlos-paes-mendonca
Mané Tatu, José Claudio e João Carlos Paes Mendonça

E agora vamos descrever colherinha de bobó de inhame da costa e camarões em crocância de dourados fios de batata doce ao majestoso caramelado de dendê e pitanga; mini acarajés rececheado de vatapá de bacalhau e camarões secos com olho nagô e vinagrete; terrine de carne de aratu emanga acompanhados com deliciosa torradinhas santa cruz e geléia de quatro pimentas.

c-luiz-nipo-carmen-virginia
Luiz Nipo e Carmen Virginia

Ainda quiche de feijoada, moqueca de frutos do mar, com farofinha crocante de dendê, caldinho de cabeça de galo e frango defumado com chuvinha de farinha cessada; guisainho de cordeiro ao perfume de massada e leite de coco e brunoise de bananas e abacaxis caramelados; brigadeiro de colher de capim santo e respas de limão siciliano e finalmente um delicioso creme de tapioca com exagerado recheio de cocada mole. Sem dúvida uma noite com gosto de quero mais.

c-demirson-danilo-dos-santos
Demirson e Danilo dos Santos só nos batuques

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.