Fernando Machado

Blog

APL: Cadeira Nº 10

A cadeira número 10 da Academia Pernambucana de Letras, cujo patrono é Álvaro Teixeira de Macedo (1807/1849) e foi fundada por Eduardo Carvalho (1849/1907). O segundo a ocupar a cadeira número 10, foi Samuel Martins (1862/1930), que foi presidente da Casa Carneiro Vilela entre 17 de abril de 1920 e 9 de abril de 1921. O terceiro a ocupá-la foi o cônego Pedro Adrião da Silva, que 10 anos depois de empossado, renunciou ficando cadeira vaga a partir de 7 de janeiro de 1958.

alex-joão

 

Alex e João Alberto (Fotos: Fernando Machado)

O quarto a sentar na cadeira vazia foi o jornalista Cleofas de Oliveira (1908/1969) e o quinto José de Souza Alencar (1926/2015), que ficou vazia sábado com sua morte, mas antes alguns pretendentes já estavam em busca de votos. Aliás é estranho, mas é muito comum neste segmento. Seria bom tom que o próximo candidato fosse outro jornalista, como por exemplo João Alberto Martins Sobral. É colunista social, formador de opinião e inteligente. João Alberto escreveu dois livros Cuba e Caminho de um Viajante.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.