Fernando Machado

Blog

Anotações do Cotidiano

O Dia Internacional da Mulher visa demarcar os inúmeros desafios vivenciados por elas no mundo todo. Em Pernambuco não é diferente e, cada vez mais se faz necessário falar sobre os direitos das mulheres, especialmente aquelas que sofrem algum tipo de violência doméstica e não sabem a quem pedir ajuda. Atenta a essa realidade, a Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Pernambuco estar presente por meio da sua atuação nas redes de proteção. Com mais de 10 anos de experiência, a Coordenadoria dirigida pela desembargadora Daisy Andrade, oferece projetos de amparo, apoio e orientação às mulheres vítimas de violência, apoia as campanhas voltadas ao tema, como por exemplo, o Sinal Vermelho. O Carta de Mulheres funciona de forma sigilosa, podendo ser acessado pela própria vítima ou por outra pessoa que deseja ajudá-la.

Thiago Cavalcante é o sócio-fundador da INFLR (Foto: Divulgação)

Entre a Geração Z, “inspirar pessoas” é o motivo principal que faz os jovens terem interesse em se tornarem influenciadores digitais, é o que revela um levantamento realizado com 3.100 brasileiros pela INFLR, adtech especializada em marketing de influência, entre os meses de dezembro e janeiro e divulgado nesta semana. Para 75% dos entrevistados, ser uma voz relevante e inspirar pessoas é o que motiva a dar os primeiros passos na rotina de postagens nas redes sociais, seguido pelo interesse financeiro, 64% dos jovens afirmaram ter interesse em “remuneração pela opinião”. Esse movimento é impulsionado pelo momento em que as marcas vivenciam, de buscarem mais identificação com a voz dos consumidores, integrando o próprio público alvo na estratégia de divulgação.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.