Pausa Poeta

“Deixaste-me, faz uns dias, / e hoje me vens procurar. / Ah, meu amor, que alegria! / Que vontade de chorar!” Esdras Farias (1889/1955)