Fernando Machado

Blog

janeiro 2020

A lição recebida em 2019

Hoje é o primeiro dia de 2020, vamos torcer pela paz no mundo, que alguns padres tire o PT do altar, que o presidente Jair Bolsonaro consiga continuar realizando um bom governo e que Deus leve seus inimigos para Cuba, Venezuela, etc. O ano de 2019 nos deixou muitas lições de vida e que nós tenhamos aprendido. Vamos ouvir os depoimentos de seis mulheres maravilhas, sobre qual foi a maior lição que o ano passado as ensinou.

A socialite Ângela de Lucas Simon (Foto: Fernando Machado)

A socialite Ângela de Lucas Simon: “Agradecer as lições que valoriza a família e os amigos. Aprendi respeitar a juventude, graças aos meus netos. Em 2019 diariamente passei por vários vestibulares para ser uma pessoa feliz. Obrigado Senhor pelos 365 anos que caminhei e espero que os próximos 365 anos possa aprender mais”.

Marta Maria Freire, née Brito Alves (Foto: Fernando Machado)

A Defensora Pública Marta Freire: “Que precisamos entender o verdadeiro sentido de nossa existência: temos as mesmas condições humanas e precisamos viver em Harmonia!”

A psicologa Martha Vasconcellos (Foto: Miss News)

Miss Universo de 1963, Martha Vasconcellos: “Durante o ano de 2019 aprendi como a minha vida pode mudar independentemente dos meus desejos! Que os planos que fazemos são interrompidos pelas circunstâncias dos inesperados! Muitas vezes o “livre arbítrio” não depende de mim, mas depende da aceitação do “seja feita a Vossa vontade, assim na Terra, como no céu”!”

Mônica Rios Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

A promoter Mônica Rios Rodrigues: “Querido, a maior lição que aprendi em 2019 foi que, ser solidário, faz mais bem a quem dá, que a quem recebe”.

 

A executiva Sheila Wanderley (Foto: Fernando Machado)

A executiva Sheila Wanderley: “Não diria lição de vida, não foi algo novo para mim; diria que foi uma confirmação do que  eu já tinha percepção. Neste ano, tive a certeza que não devemos esperar reações e comportamentos das pessoas seguindo nossa própria regra. Mesmo que a nossa regra seja a mais correta, pura e cheia de amor. Porque o retorno que esperamos muitas vezes não acontece. O reconhecimento, o agradecimento é coisa cada vez mais rara no mundo atual. Algumas pessoas tem necessidade de se mostrarem autossuficiente. Isso não me entristece, porque aprendi a conviver com essas situações, seja profissionalmente seja na vida pessoal. Observo, aprendo, e me torno mais forte ainda. Algumas vezes diminuo um pouco as ações de  bondade… Outras vezes continuo fazendo as mesmas ações de bondades… mesmo sabendo que não haverá retorno… Afinal no meu coração só cabe amor! E na minha alma, humildade! Essa dupla, amor e humildade é felicidade! Deixo Sempre que cada um receba diretamente de Deus as lições necessárias para seu amadurecimento”.

A artista plastica e escritora Tânia Carneiro Leão (Foto: Fernando Machado)

A artista plástica Tânia Carneiro Leão: ”Em 2019, mais do que nos outros anos, aprendi que não devo fazer planos para as coisas fundamentais. Deus é quem manda as cartas. Aceito-as, de bom agrado, mesmo que eu não seja contemplada com Valetes, Reis, Rainhas ou Ases. Considero esta minha aceitação uma postura, não de conformismo, mas de dignidade e sabedoria, que me remete a  muita serenidade ou mesmo a uma certa felicidade.”

A socialite Thereza Lapa Carneiro de Albuquerque disse: “Que a solidão é uma boa companhia porém, melhor ainda é sentir as amizades”.

Porta Retratos

Mister Venezuela, Herald Conner, está na disputa do Mister Tourism World (Foto: Concurso)

Rodrigo Moraes e Michelle Lins com as filhas Maria Eduarda e Maria Luiza (Foto: Instagram)

No aniversário de Sandra Bandeira, o DJ Thiago Carvalho e a socialite Alice Souza Leão (Foto: Instagram)

O maneger Tiago Selva em recente encontro social (Foto: Fernando Machado)

Parabéns

Hoje, 01, Dia de Ano Novo, de Santa Maria Mãe de Deus; de Nosso Senhor dos Navegantes, e Mundial da Paz, aniversariam a artista plástica Ana Tereza Cavalcanti, a figurinista Leny Rodrigues, a jornalista Carmen Valença, o executivo Francisco Hinrichsen,

A assistente social Lúcia Pontes (Foto: Fernando Machado)

A executiva Maria José Mendonça (Foto: Fernando Machado)

De volta para o passado

Há 125 anos, nascia nos Estados Unidos, o organizador John Edgar Hoover, que morreu no dia 2 de maio de 1972.

Há 115 anos, nascia na Espanha, o músico Xavier Gugat, que morreu no dia 27 de outubro de 1990.

Há 100 anos, nascia no Rio de Janeiro, o jogador Alfredo Ramos dos Santos, que morreu no dia 23 de outubro de 1997.

O juiz Sherlock (Foto: Divulgação)

Há 65 anos, a crônica desportiva anunciava os melhores de 1954: natação Luciano Menezes Brasil e Aspazia Pires, basquete Geraldo Brasil, juiz Sherlock, vôlei Haroldo de Souza Leão e Fátima Menezes, atiradora Tereza Cristina Carneiro da Costa, atletismo Túlio Meira, remo Enio Laprovitera, jóquei Venceslau Pereira, tênis Fred Muniz. A seleção de futebol foi: Carijó, Bria e Djalma (Sport), Aldemar e Calico (Santa Cruz), Jaminho (Nautico), Jorge Costa (Santa Cruz), Hamilton e Ivson (Náutico), Mituca (Sport) e Dario (America).

Há 60 anos, Sydia Maranhão era eleita Glamour Girl, no réveillon do Clube Internacional do Recife. No júri estavam as senhoras Dulce Sampaio, Dias Fernandes, Esther Souto Carvalho, Prazeres Canto, Dodora Moraes e Alex.

Há 60 anos, morria nos Estados Unidos, a atriz Margaret Sullavan, que nasceu no dia 16 de janeiro de 1911.

Há 50 anos, escrevia no Suplemento Social do Diário de Pernambuco, Fátima Maia (Nova Geração), Helena Pessoa de Queiroz, Cacho Borges e Zilde Maranhão.

Há 45 anos, o prefeito Augusto Lucena depois de se reunir com o secretario Alfredo de Oliveira cancelava o Baile Municipal de 1975.

Aldemar Paiva, Leonardo Silva e Raul Moraes (Foto: Acervo de Leonardo Silva)

Há 40 anos, acontecia no Português, o VIII Baile da Saudade, leia-se Leonardo Silva, que homenageou o maestro José Menezes. O host foi Aldemar Paiva.

Há 20 anos, morria em Pernambuco, o marchand Marcoantonio Vilaça, que nasceu no dia 30 de agosto de 1962.