Fernando Machado

Blog

novembro 2016

De volta para o passado

joao-vicente-monteiro

Há 166 anos, o médico e jornalista João Vicente Monteiro, fundava o Gabinete Português de Leitura.

fumaca-manoel-souza-neto

Há 115 anos, nascia em Pernambuco, o Coronel Fumaça, Manoel Souza Neto, que morreu no dia 3 de novembro de 1979.

rui-de-moraes-silva-haidee-camelo

Rui de Moraes e Silva sendo abraçado por Haidée Camelo (Foto: Blog Paulo Carvalho)

Há 95 anos, nascia em Pernambuco, o compositor Rui de Moraes e Silva, que morreu no dia 10 de dezembro de 1999.

Há 80 anos, acontecia o III Campeonato Acadêmico de Atletismo. O 1º lugar ficou com Medicina, o 2º lugar com Agronomia, o 3º com Engenharia e o 4º com Direito.

der-oswaldo-mauricio-de-abreu-sede-derpe

Oswaldo Mauricio de Abreu e no quarto prédio da esquerda para direita a primeira sede do DER-PE (Fotos: Divulgação)

Há 70 anos, começava a funcionar na Rua do Riachuelo e Rua da Aurora o Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco. O primeiro diretor geral foi o engenheiro Oswaldo Mauricio de Abreu.

margareth-schimidt-cruzeiro-53

Margaret Schmidt, Rainha dos Jogos da Primavera de 1961 (Foto: O Cruzeiro)

Há 55 anos, caia na Fazenda Modelo, em Pernambuco, um avião da Panair do Brasil com 94 passageiros e 9 tripulantes. A aeronave vinha de Lisboa. Sobreviveram 15 pessoas. Entre os falecidos estava a Rainha dos Jogos da Primavera do Rio de Janeiro de 1961, Margaret Schmidt.

Há 55 anos, os alunos da Faculdade de Direito realizava o concurso de Rainha dos Universitários com a participação de 17 candidatas. A vencedora foi Maria Tereza Pedrosa (Nutrição), em 2º lugar Maria Lidia Jacome (Arquitetura) e em 3º lugar Zoraide Scanoni (Direito). Na comissão julgadora estavam Arthur Lima Cavalcanti, Nelson Ferreira, as senhoras João Alfredo da Costa Lima, Evandro Neto, George Latache e Paulo Vasconcelos e a cronista teatral Leda Sodré.

osvaldo-coelho-face

Há um ano, morria em Pernambuco, o político Oswaldo Coelho, que nasceu no dia 24 de agosto de 1931.

Pausa Poética

edgard-moraes

“A dor de uma saudade / Vive sempre em meu coração / Ao relembrar alguém que partiu / Deixando a recordação / Nunca mais… / Hão de voltar aos tempos / Felizes que passei em outros carnavais”. Edgard Moraes (1904/1973)