Fernando Machado

Blog

Victor Moreira um Ícone da Moda

Victor Moreira no seu apartamento (Foto: Fernando Machado)

O mundo da moda nordestina está de luto com o falecimento, ontem, do famoso figurinista e cenógrafo Victor Moreira. Deixa um legado muito importante. Victor que nasceu no dia 3 de março de 1934 era dentista, mas sua incursão na moda começou no tempo da Faculdade de Odontologia, quando desenhou uma coleção de moda para um desfile organizado pelos colegas da Universidade do Recife, com renda para os desabrigados das cheias do Recife.

Victor Moreira em conversa com o figurinista Dener (Foto: Acervo Pessoa)

Escrever sobre Victor é muito fácil. Nos carnavais desenhou muitas fantasias e para os concursos de misses criou modelos deslumbrantes para Dione Oliveira Miss Pernambuco de 1959, Maria Edilene Torreão Miss Pernambuco de 1960 e Maria Lucia Santa Cruz Miss Pernambuco de 1961. Paralelamente escrevia, semanalmente, um coluna de moda para o Jornal do Commercio. Também apresentava um programa na TV Jornal do Commercio, e entre os entre os entrevistados lembramos a de Dener Pamplona de Abreu.

Victor Moreira alguns dos seus croquis de noivas e trajes de sociais (Foto: Fernando Machado)

No Náutico, clube que frequentava, fez elogiadas decorações para as festas carnavalescas e juninas da agremiação. Nos anos setenta seguiu para Fortaleza onde fez muito sucesso, depois de vários anos voltou para o Recife. Com a dificuldade de mostrar seu trabalho às novas gerações, o figurinista publicou o livro A Arte de Victor Moreira, editada pela CEPE e lançado em fevereiro de 2018, no Museu do Estado. Adorava tomar chá no seu apartamento e conversar sobre o glamour da nossa cidade nas décadas passadas.

Victor Moreira no seu programa no Canal 2 (Foto: Divulgação)

Na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, Victor Moreira teve uma participação destacada desde o princípio, quando o espetáculo era realizado pelas ruas do vilarejo de Fazenda Nova em 1954. Ele participou da criação dos projetos arquitetônicos dos cenários monumentais da cidade-teatro e, ao longo dos anos, foi responsável pela concepção do rico figurino da peça teatral. Apesar da idade, Victor Moreira ainda fazia parte da equipe da Paixão, prestando consultoria a figurinista Marina Pacheco, neta de Diva e Plínio Pacheco, idealizadores e construtores da cidade-teatro de Nova Jerusalém, que coordena o figurino do espetáculo.

Victor Moreira no seu ateliê (Foto: Rogério Alves)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.